icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/08/2015
10:26

Depois de anunciar a mudança de planos que surpreendeu o mundo das lutas ao escalar Holly Holm como próxima desafiante ao cinturão de Ronda Rousey, o presidente do UFC Dana White deu explicações ao público a respeito da decisão. Em entrevista ao Los Angeles Times, o mandatário enumerou os argumentos para defender a escolha pela ex-campeã mundial de boxe ao contrário de Tate, que já enfrentou Rousey por duas vezes e perdeu.

- Nós paramos para pensar e constatamos: "Todos já viu essa luta contra a Miesha". Em uma rivalidade normal uma terceira luta vem depois do que aconteceu com (Arturo) Gatti e (Micky) Ward. Com a Miesha, o resultado foi igual duas vezes. Todo mundo já viu essa luta. Quando se fala sobre as possibilidades a respeito do que Holly pode fazer... Ela é uma boxeadora fora de série. A luta com Holly Holm é muito mais intrigante para Ronda - explicou Dana. 

Ronda Rousey e Holly Holm se enfrentam no dia 2 de janeiro, em Las Vegas (EUA), pelo UFC 195. O confronto lidera o evento que deve ter Joanna Jedrzejczyk x Claudia Gadelha pelo cinturão peso palha feminino.

Depois de anunciar a mudança de planos que surpreendeu o mundo das lutas ao escalar Holly Holm como próxima desafiante ao cinturão de Ronda Rousey, o presidente do UFC Dana White deu explicações ao público a respeito da decisão. Em entrevista ao Los Angeles Times, o mandatário enumerou os argumentos para defender a escolha pela ex-campeã mundial de boxe ao contrário de Tate, que já enfrentou Rousey por duas vezes e perdeu.

- Nós paramos para pensar e constatamos: "Todos já viu essa luta contra a Miesha". Em uma rivalidade normal uma terceira luta vem depois do que aconteceu com (Arturo) Gatti e (Micky) Ward. Com a Miesha, o resultado foi igual duas vezes. Todo mundo já viu essa luta. Quando se fala sobre as possibilidades a respeito do que Holly pode fazer... Ela é uma boxeadora fora de série. A luta com Holly Holm é muito mais intrigante para Ronda - explicou Dana. 

Ronda Rousey e Holly Holm se enfrentam no dia 2 de janeiro, em Las Vegas (EUA), pelo UFC 195. O confronto lidera o evento que deve ter Joanna Jedrzejczyk x Claudia Gadelha pelo cinturão peso palha feminino.