icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/04/2014
15:02

Mesmo com a vitória convincente sobre Glover Teixeira, Jon Jones sofreu críticas no mundo do MMA por ter acertado mais de uma vez o dedo no olho do brasileiro. No segundo round, o confronto chegou a ser interrompido pelo árbitro por causa disso, mas o americano não perdeu ponto. Após o UFC 172, que aconteceu no último sábado, em Baltimore, nos Estados Unidos, Dana White comentou o fato de o campeão meio-pesado do evento ter acertado o desafiante no olho e afirmou que isso tem de acabar.

- Nós temos que acabar com isso. Os atletas lutarem de mão aberta e colocarem ela no rosto dos adversários é uma coisa ruim, mas acontece com lutadores que têm bastante alcance. Eles fazem muito isso - comentou o dirigente, em entrevista ao canal americano "Fox".

Apesar do comentário, Dana White também fez questão de elogiar Jon Jones. Para o presidente do Ultimate, o campeão dos meio-pesados teve um grande desempenho contra Glover e "tem tudo para ser um dos melhores de todos os tempos".

- Ele (Jones) teve uma de suas melhores performances (contra Glover). Definitivamente ele é o melhor lutador peso-por-peso do mundo e tem tudo para ser um dos melhores de todos os tempos. Ele é muito talentoso, melhora a cada luta e fica mais confiante. Estou muito ansioso para vê-lo contra Gustafsson de novo - completou o dirigente.

Jon Jones bateu Glover Teixeira por decisão unânime no último sábado, pela luta principal do UFC 172, que aconteceu em Baltimore, nos Estados Unidos. Logo após o evento, o americano já teve Alexander Gustafsson confirmado como seu próximo adversário. Os meio-pesados farão uma revanche do duelo que recebeu o prêmio de "Luta do ano" de 2013.