icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
14:29

Campeão absoluto do Ultimate desde fevereiro deste ano, Renan Barão caminha para sua segunda defesa de título como campeão regular da divisão dos galos do UFC. Se dentro do octógono, o brasileiro não deixa dúvidas quanto à soberania, fora dele, o campeão ainda precisa alcançar o posto de "estrela". Pelo menos é o que pensa o presidente da organização Dana White.

- Quem diz coisas mais positivas sobre Barão do que eu? O cara está vencendo lutas e não perde há nove anos. É uma sequência incrível. Ele finaliza os outros. É um lutador divertido de assistir, empolgante. Mas, ainda estamos no processo de transformar o Barão numa estrela, como penso que ele deveria ser. Ele é o campeão, mas ainda não é um grande astro - comentou o dirigente, em conversa com a imprensa na última quinta-feira, de acordo com o site americano "MMA Fighting".

O comentário de Dana White veio após uma pergunta sobre uma possível insatisfação do brasileiro com seu contrato com o UFC. O dirigente evitou entrar em detalhes sobre a questão, mas ressaltou que esse tipo de reclamação dos atletas é comum no esporte.

- Mostre-me um cara que está feliz com seu contrato. Quero conhecer essa pessoa. Até Manny Pacquiao não estava feliz com o dinheiro que ia receber para enfrentar Floyd Mayweather, e esse número girava em torno de U$ 40 milhões - afirmou Dana.

O próximo compromisso de Renan Barão pelo Ultimate está marcado para o dia 24 de maio, contra TJ Dillashaw, pela luta principal do UFC 173, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O evento conta também com o duelo entre Daniel Cormier e Dan Henderson no confronto co-principal da noite.