icons.title signature.placeholder Enrico Bruno
29/11/2013
16:25

Assim como aconteceu na temporada de 2003, quando também se sagrou campeão brasileiro, o Cruzeiro pode ser um dos responsáveis diretos por ajudar a rebaixar o Bahia para a segunda divisão. No atual torneio, o time celeste já não briga mais por nada, apesar do desejo de fechar o ano com duas vitórias seguidas. Já no lado baiano, o alerta vermelho segue ligado, já que o tricolor sustenta a 13ª colocação, somente a três pontos da zona de rebaixamento.

- Vamos jogar com o mesmo empenho, mesma dedicação. Somos profissionais e estamos trabalhando para isso - falou o meia Dagoberto.

Para Dagol, cada time tem que saber lidar com sua situação, e o Cruzeiro não vai aliviar diante do Bahia, principalmente por se tratar do jogo da taça.

MAIS:
> Everton Ribeiro é eleito o craque do Brasileirão
> Goulart quer terminar o ano como artilheiro celeste

- O problema dos outros são dos outros. Não são nossos - finalizou o camisa 11.

Dagol deverá compor o time titular do Cruzeiro contra o Bahia, neste domingo, às 17h, no Mineirão. Marcelo Oliveira já garantiu que irá colocar o time com força total para o jogo que marcará a entrega da taça ao Cruzeiro e a festa popular para os torcedores nos arredores do estádio.