icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/03/2014
13:27

Mesmo em organizações diferentes, Ronda Rousey e Chris Cyborg continuam mantendo a rivalidade em alta. O confronto entre as atletas já foi diversas vezes especulado no mundo do MMA, mas rechaçado pela americana e por Dana White pelo fato de as lutadoras não lutarem na mesma categoria.

Antes do UFC 171, que aconteceu no último sábado, a campeã do Ultimate falou sobre um possível confronto contra Gina Carano, que também luta em uma divisão acima de Ronda. Além disso, Gina está afastada do MMA desde 2009 mas, mesmo assim, Ronda mostrou-se aberta ao desafio e ainda mandou uma indireta para Cyborg.

- Tem exceções que eu faria (para lutar) com Gina que eu não faria por outras pessoas - afirmou a lutadora, de acordo com o site americano "MMA Fighting".

Agora, foi a vez da brasileira comentar sobre a declaração de Ronda Rousey. Em entrevista ao site "MMA Fighting", Cyborg relatou que, na opinião dela, a campeã do UFC vê Gina Carano como uma "luta fácil" e por isso aceitaria subir de categoria.

- Não fiquei surpresa porque eu sabia que seria difícil para Gina descer para os galos. (Essa luta) teria que ser num peso combinado. Gina Carano é uma ótima atleta e ficaria feliz se ela retornasse ao MMA, não importa se contra Ronda. Mas, ela não luta desde 2009.  A última luta dela foi contra mim no Strikeforce, então Ronda acha que seria uma luta fácil mesmo ela subindo de categoria. Ela sabe que seria diferente contra mim, especialmente porque venci Gina - comentou a brasileira.

Apesar das provocações, o tão especulado confronto entre Cyborg e Ronda ainda não tem previsão para acontecer. Além de lutarem em categorias diferentes, a brasileira é a atual campeã do Invicta FC, enquanto a americana detém o cinturão do Ultimate.