icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
08/11/2014
16:23

O Curitiba  conquistou pela primeira vez o título do Super 10 – Campeonato Brasileiro de Rugbi de 2014 (que fechou a sua 51ª edição). A taça veio neste sábado no Estádio Nicolau Alayon, na Zona Oeste de São Paulo, após a vitória por 19 a 10 sobre o São José, time paulista que já ganhou o torneio oito vezes e buscava recuperar a hegemonia perdida em 2013 para os paulistas do SPAC.

E MAIS:
>> Conheça todos os vencedores do Campeonato Brasileiro de rugbi

A grande final fez jus a tudo aquilo que se esperava, leal e bastante movimentada. Jogando com seu uniforme reserva, os Touros do Curitiba iniciaram o jogo pressionando o São José, e, logo no primeiro ataque, abriram o placar com penal de Dani. O mesmo Dani anotou mais seis pontos para a equipe paranaense, em outros dois penais, abrindo assim 9 a 0.

O São José demorou a acordar. Aos 20 minutos o capitão Joaquin fez o primeiro try do jogo, convertido por Nahuel Quiroga, o “Nacu”, recolocando o time joseense no jogo. Na sequência “Nacu” marcou um penal e virou para o São José, com 10 a 9 que permaneceu até o intervalo do jogo.

Na segunda etapa a partida ficou um pouco mais tensa, com o Curitiba buscando o ataque e o São José se defendendo. Gabriel Domingues, o “Dom”, foi quem marcou o try curitibano, que recolocou os Touros à frente do marcador, com 14 a 10. Mesmo em vantagem, a equipe seguiu pressionando e logo anotou mais um try, com “Vitão”, explorando o jogo de contato. O São José ainda tentou atacar, mas os 19 a 10 no marcador a favor do Curitiba não foram mais alterados.

O resultado deu o primeiro título brasileiro da história do Curitiba e do estado do Paraná.

- De 2007 pra cá tivemos grandes investimento no clube, esse ano a equipe amadureceu e está colhendo os frutos do trabalho que iniciou anos atrás. Eu, que sou da velha guarda do rugby, só agradeço o que a diretoria do clube e a CBRu estão fazendo, provendo todas as condições para conquistarmos esse título, afirma Diogo Strapasson, capitão do Curitiba.

O presidente da CBRu, Sami Arap Sobrinho, foi quem entregou a taça Chester Williams – assim nomeada em homenagem ao lendário rugbier sul-africano – aos campeões.

Curitiba 19 x 10 São José

São José: 1 – Clair, 2 – Bene, 3 – Duda, 4 – Brunão, 5 – Pedroso, 6 – Dentinho, 7 – Saulo, 8 – Diogo, 10 – Grilo, 11 – Bomber, 12 – Joaquin, 13 – Sandy, 14 – Fabinho, 15 – Pelo, 16 – Pão, 17 – Nelsinho, 18 – Spani, 19 – Sábados, 20 – Portugal, 23 – Zezinho, 25 – Pedrinho, 29 – Betinho.

Curitiba: 1 – Luan, 2 – Baiano, 3 – Diogo, 4 – Tissot, 5 – Boi, 6 – Piru, 7 – Ilha, 8 – José, 9 – Martin, 10 – Nacu, 11 – Rambo, 12 – Duka, 13 – Dom, 14 – Dani, 15 – Stefano, 16 – Ak, 17 – Ferco, 18 – vitão, 19 – Pampa, 20 – Musa, 21 – Bicudo, 22 – Elias, 23 – Yan.

Arbitragem: Xavier Vouga

Estádio Nicolau Alayon