icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2013
19:06

O técnico Cuca não se lembra de ter ido ao Pacaembu como visitante e ter vencido o Corinthians. Por isso, a vitória do Atlético-MG sobre o Timão por 1 a 0, na tarde deste domingo, fez o técnico Cuca classificar o placar final explorando o aumentativo.

- Um resultadaço, com 'aço', mais ainda, nunca tinha ganhado do Corinthians aqui. Nunca tinha ganhado, salvo um esquecimento. E vim com o time mexido, então é um baita de um resultado - disse Cuca.

Analisando a partida, o treinador lembrou que o Corinthians criou várias chances claras, principalmente com Romarinho, no primeiro tempo. Mas o comandante também destacou que houve uma preparação mental para o 'time mexido' valorizar o duelo, mesmo que o pensamento esteja, em sua maioria, na final da Libertadores.

LEIA TAMBÉM
- Atlético-MG celebra vitória que destaca força de um elenco inteiro
- Dor de Réver era algo já ciente para Cuca e saída foi 'combinada'

- É um jogo que, lógico que nosso foco estava na Libertadores, mas trabalhamos bem a cabeça do pessoal, sair de 7 pontos para 10, entrar na briga do campeonato, jogando contra um adversário direto, na sua casa, e é raro vir uma equipe aqui e ganhar do Corinthians, é raro, mas aconteceu com a gente.

No histórico, a última vez que o Atlético-MG havia vencido o Corinthians no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, foi há dez anos. No primeiro Brasileirão de pontos corridos, em 2003, a rodada inicial teve esse confronto, que terminou em 3 a 0 para o Galo.

Com ataque mal, Timão perde em casa para mistão do Galo

O técnico Cuca não se lembra de ter ido ao Pacaembu como visitante e ter vencido o Corinthians. Por isso, a vitória do Atlético-MG sobre o Timão por 1 a 0, na tarde deste domingo, fez o técnico Cuca classificar o placar final explorando o aumentativo.

- Um resultadaço, com 'aço', mais ainda, nunca tinha ganhado do Corinthians aqui. Nunca tinha ganhado, salvo um esquecimento. E vim com o time mexido, então é um baita de um resultado - disse Cuca.

Analisando a partida, o treinador lembrou que o Corinthians criou várias chances claras, principalmente com Romarinho, no primeiro tempo. Mas o comandante também destacou que houve uma preparação mental para o 'time mexido' valorizar o duelo, mesmo que o pensamento esteja, em sua maioria, na final da Libertadores.

LEIA TAMBÉM
- Atlético-MG celebra vitória que destaca força de um elenco inteiro
- Dor de Réver era algo já ciente para Cuca e saída foi 'combinada'

- É um jogo que, lógico que nosso foco estava na Libertadores, mas trabalhamos bem a cabeça do pessoal, sair de 7 pontos para 10, entrar na briga do campeonato, jogando contra um adversário direto, na sua casa, e é raro vir uma equipe aqui e ganhar do Corinthians, é raro, mas aconteceu com a gente.

No histórico, a última vez que o Atlético-MG havia vencido o Corinthians no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, foi há dez anos. No primeiro Brasileirão de pontos corridos, em 2003, a rodada inicial teve esse confronto, que terminou em 3 a 0 para o Galo.

Com ataque mal, Timão perde em casa para mistão do Galo