icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
15/11/2013
10:52

A confirmação do título de campeão brasileiro de 2013 na quarta-feira não assegurou apenas a primeira conquista ao reformulado grupo do Cruzeiro como também garantiu a premiação acertada entre diretoria e jogadores que pode chegar até R$ 300 mil por cruzeirense.

O combinado previa o pagamento de R$ 180 mil como prêmio em caso de conquista do Brasileirão. Esse valor, entretanto, só será pago integral para aqueles que disputarem todas as 38 rodadas. Até agora, somente o goleiro Fábio participou de todos os jogos do time na campanha vitoriosa.

Além disso, ao longo da competição, havia sido prometido bicho, em média, de R$ 4 a 5 mil por vitória. Em alguns jogos, porém, devido à importância do compromisso, houve aumento desse bônus. No confronto diante do Atlético-MG, por exemplo, foi oferecido R$ 10 mil pelo triunfo. Os cruzeirenses, porém, foram derrotados por 1 a 0, no Independência.

No caso dos bichos, há também critérios quanto ao recebimento. Somente aqueles que atuaram durante os 90 minutos recebem o valor total. O jogador que entrou no decorrer do jogo, por sua vez, leva 50% e quem ficou somente no banco de reservas fica com 25%.

Ao considerar que o Cruzeiro já é campeão e somou 23 vitórias, podendo ainda alcançar 27 até o fim do Campeonato, um jogador ganharia aproximadamente R$ 288 mil pela conquista.

A premiação só será quitada após o término do Brasileiro enquanto que os bichos, geralmente, são pagos mensalmente dentro da folha salarial.

O time do técnico Marcelo Oliveira enfrentará ainda Ponte Preta e Bahia, em Minas Gerais, e Vasco e Flamengo, fora de casa.