icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
02/07/2013
08:19

No decorrer da Copa do Mundo 2014, disputada entre os dias 12 de junho e 13 de julho, Cruzeiro e Fluminense devem retornar aos Estados Unidos para a realização de mais uma intertemporada. A ida dos clubes é novamente arquitetada pela 2SV Sports, responsável por planejar um torneio amistoso entre os brasileiros e times do futebol europeu.

O LANCE!Net conversou com Ricardo Villar, diretor de relações internacionais da empresa que pretende realizar a excursão de mineiros e cariocas. No bate-papo, ele explica que a volta de ambos ainda não é uma certeza, mas está bem adiantada.

– Cruzeiro e Fluminense são nossos parceiros, já existe um plano em andamento, mas eles ainda não confirmaram presenças na intertemporada do próximo ano. Houve conversas e os clubes mostraram interesse em vir, mas vamos nos reunir novamente para acertar as negociações – revelou.

Parceira da Disney Sports Attractions, a 2SV Sports estuda junto com a diretoria do complexo a possibilidade de levar grandes nomes da Europa ao local. Ricardo Villar revela também qual o seu objetivo com as excursões.

– O projeto é bem discutido. Em conjunto com a Disney Sports, nossa parceira, nós faremos uma análise dos clubes europeus que pretendem vir aos Estados Unidos. Outros brasileiros também podem vir, mas precisam compartilhar da nossa ideia que é buscar a expansão da marca em longo prazo. No primeiro jogo do Cruzeiro em Fort Lauderdale, por exemplo, tinha muitos torcedores do clube, a nossa intenção é fazer com que americanos tornem-se cruzeirenses – comentou.

E MAIS:
> Perto de acordo com a Caixa, Cruzeiro pode mudar uniforme só em 2014
> Cruzeiro descarta Robinho e diretor se diz ‘orgulhoso’ por tentar atacante
> Reunião na quarta selará a permanência de Martinuccio na Toca da Raposa
> Conheça a 2SV Sports, empresa que levou Cruzeiro e Flu à Terra do Tio Sam

BAIXO CUSTO
Durante a paralisação do Campeonato Brasileiro, feita devido à realização da Copa das Confederações, somente Cruzeiro e Fluminense deixaram o país com o intuito de preparar os seus atletas e expandir suas marcas no exterior. O fato, a princípio, assusta pelos valores. Ricardo Villar, porém, explica que é mais barato sair do Brasil que buscar um refúgio em outro centro de treinamentos do interior.

– Nesta intertemporada, Cruzeiro e Fluminense foram os únicos clubes brasileiros a deixar o país. No Brasil, se fossem para um centro de treinamentos no interior, teriam um gasto mais elevado para alugar o local e também com a locomoção – avaliou.

No decorrer da Copa do Mundo 2014, disputada entre os dias 12 de junho e 13 de julho, Cruzeiro e Fluminense devem retornar aos Estados Unidos para a realização de mais uma intertemporada. A ida dos clubes é novamente arquitetada pela 2SV Sports, responsável por planejar um torneio amistoso entre os brasileiros e times do futebol europeu.

O LANCE!Net conversou com Ricardo Villar, diretor de relações internacionais da empresa que pretende realizar a excursão de mineiros e cariocas. No bate-papo, ele explica que a volta de ambos ainda não é uma certeza, mas está bem adiantada.

– Cruzeiro e Fluminense são nossos parceiros, já existe um plano em andamento, mas eles ainda não confirmaram presenças na intertemporada do próximo ano. Houve conversas e os clubes mostraram interesse em vir, mas vamos nos reunir novamente para acertar as negociações – revelou.

Parceira da Disney Sports Attractions, a 2SV Sports estuda junto com a diretoria do complexo a possibilidade de levar grandes nomes da Europa ao local. Ricardo Villar revela também qual o seu objetivo com as excursões.

– O projeto é bem discutido. Em conjunto com a Disney Sports, nossa parceira, nós faremos uma análise dos clubes europeus que pretendem vir aos Estados Unidos. Outros brasileiros também podem vir, mas precisam compartilhar da nossa ideia que é buscar a expansão da marca em longo prazo. No primeiro jogo do Cruzeiro em Fort Lauderdale, por exemplo, tinha muitos torcedores do clube, a nossa intenção é fazer com que americanos tornem-se cruzeirenses – comentou.

E MAIS:
> Perto de acordo com a Caixa, Cruzeiro pode mudar uniforme só em 2014
> Cruzeiro descarta Robinho e diretor se diz ‘orgulhoso’ por tentar atacante
> Reunião na quarta selará a permanência de Martinuccio na Toca da Raposa
> Conheça a 2SV Sports, empresa que levou Cruzeiro e Flu à Terra do Tio Sam

BAIXO CUSTO
Durante a paralisação do Campeonato Brasileiro, feita devido à realização da Copa das Confederações, somente Cruzeiro e Fluminense deixaram o país com o intuito de preparar os seus atletas e expandir suas marcas no exterior. O fato, a princípio, assusta pelos valores. Ricardo Villar, porém, explica que é mais barato sair do Brasil que buscar um refúgio em outro centro de treinamentos do interior.

– Nesta intertemporada, Cruzeiro e Fluminense foram os únicos clubes brasileiros a deixar o país. No Brasil, se fossem para um centro de treinamentos no interior, teriam um gasto mais elevado para alugar o local e também com a locomoção – avaliou.