icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro e Russel Dias
05/06/2014
09:02

Sonho da diretoria do Santos no fim de 2013, o meia Marlone voltou à pauta por não ter muitas chances no Cruzeiro. O interesse, no entanto, já esfriou. Os empresários do volante Souza, que está próximo do Peixe, são os mesmos que administram a carreira de Marlone, e ofereceram o ex-jogador do Vasco ao presidente Odílio Rodrigues. Com a concordância do técnico Oswaldo de Oliveira, o Peixe se animou com a possibilidade, mas ouviu da Raposa que não há qualquer chance de liberação.

O Cruzeiro contratou Marlone do Vasco após o Brasileirão de 2013, mas foi um grupo de investidores que pagou R$ 5,4 milhões pelo jogador de 22 anos, cedendo à Raposa 30% do total de uma futura venda e mais os direitos federativos até 2018. Ele só entrou em campo quatro vezes no Brasileirão.

Por meio dos empresários, o Santos consultou a diretoria do Cruzeiro, mas ouviu que ele não sairá pois chegou há pouco tempo e tem a confiança do técnico Marcelo Oliveira. Sem a possibilidade do empréstimo, e descartando qualquer possibilidade de pagar a multa rescisória do contrato de cinco anos, o Peixe logo descartou a negociação e encerrou as conversas.

Apesar da negativa em relação a Marlone e a interrupção das conversas por Júlio Baptista, Arouca crê em dificuldades após a Copa e 'se despede' da faixa de capitão. Santos e Cruzeiro seguem negociando por Souza, que tem contrato com o clube mineiro até 2016, mas não está entre os preferidos do treinador. O negócio pode ser fechado nesta quinta-feira.

Antes da Copa, sul-americanos movimentam mercado da bola