icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
19:06

A Croácia não precisou se esforçar muito para vencer com tranquilidade a Islândia nesta terça-feira, em partida válida pelo jogo de volta da repescagem das Eliminatórias da Copa, e assegurou a classificação para a Copa do Mundo de 2014. Em um embate de amplo domínio da equipe do leste europeu, o time comandado pelo técnico Niko Kovac contou com gols de Mandzukic e Srna para vencer os rivais por 2 a 0 no Zagreb Maksimir. O primeiro jogo do confronto disputado na semana passada, na Islândia, havia terminado em 0 a 0.

MANDZUKIC ROUBA A CENA: GOL E EXPULSÃO

A Croácia começou a partida pressionando a Islândia em seu campo de defesa. Logo no primeiro minuto de partida, Kovacic aproveitou sobra de boa jogada de Modric para concluir com perigo por cima da meta defendida por Halldorsson. Aos 11, no entanto, a Islândia criou aquela que seria a sua única chance real de gol na partida: Finnbogason chutou de fora da área e obrigou Pletikosa a fazer boa defesa, no rebate, atacante do país nórdico ainda empurrou a bola para o gol, mas em posição de impedimento teve o seu tento corretamente anulado.

Em cobrança de falta precisa, aos 21, Srna bem que levou perigo ao gol da Islândia, mas apenas seis minutos mais tarde a equipe croata chegaria ao seu gol. Com espaço, Rakitic mandou a bola para área, no meio do caminho Perisic desviou e, livre na pequena área, Mandzukic empurrou para o fundo da meta.

Aos 37, Mandzukic apareceu de novo na partida, mas desta vez para protagonizar um lance de violência. Marcado por dois jogadores, o atacante fez movimento brusco para proteger a bola na lateral de campo e acabou cravando em cheio as travas de suas chuteiras na canela do rival. Acompanhando o lance de perto, o árbitro não teve dúvida e expulsou o jogador do Bayern de Munique da partida.

E MAIS:
>Gana se vale de goleada na ida e estará na Copa do Mundo
>Grécia faz gol contra bizarro, mas segura empate com Romênia e vai à Copa

GOL NA VOLTA DO INTERVALO

Empolgado pela superioridade numérica conquistada no fim do primeiro tempo, a Islândia recebeu um verdadeiro balde de água fria logo no início da etapa final. Aos 2 minutos, Srna recebeu na entrada da área e, livre de marcação, chutou cruzado para o gol, Halldorsson pulou atrasado e aceitou: 2 a 0 Croácia no placar.

Com o resultado, a Croácia passou a administrar o resultado. Ciente das limitações técnicas da Islândia, o time do leste europeu passou a deixar a bola com o adversário, que pouco ameaçava, e começou a apostar no contra-ataque. Aos 13, com Kovacic, e aos 18, com Perisic, em jogadas de velocidade, a equipe croata quase chegou ao seu terceiro gol na partida, mas esbarrou na boa atuação do goleiro Halldorsson.

Sem força para esboçar uma reação, a Islândia nada pode fazer nada para superar a Croácia, que se garantiu na Copa do Mundo de 2014.