icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/04/2014
20:02

Recém-contratado pelo Fluminense, Cristovão Borges conheceu no sábado a sala de troféus do Fluminense. E com passagem como jogador pelo clube na década de 70 e como auxiliar técnico em 2004, o treinador afirmou que sensação de estar no local é familiar.

– Sensação familiar, mesmo que estivesse há muito tempo sem estar aqui. Me sinto em casa, à vontade – disse ao site oficial.

Cristovão também não esquece o gol marcado pelo Fluminense em clássico com o Flamengo em 1979, em uma vitória do Tricolor por 3 a 0. Foi apenas o segundo jogo como profissional do então jogador vestindo a camisa do Flu.

– Vim de Salvador e sabia o que representava o Fluminense. Joguei um Fla-Flu especial, ganhamos de 3 a 0, o Zico perdeu um pênalti e fiz o terceiro gol, que ficou marcado na minha carreira  – relembrou.

Como jogador, Cristovão Borges atuou em 101 partidas com a camisa do Fluminense e marcou 26 gols. Ele deixou o clube em 1983 para jogar no Operário (MS).

CONFIRA A FICHA TÉCNICA DAQUELA PARTIDAFLUMINENSE 3 x 0 FLAMENGO

Data: 14/10/1979
Local: Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro).
Público: 100.041 pagantes.
Renda: Cr$ 7.446.710,00.
Gols: Rubens Galaxe, aos 35? do primeiro tempo (1-0); Pintinho, aos 44? do primeiro tempo (2-0); e Cristóvão, aos 42? do segundo tempo (3-0).
Árbitro: José Roberto Wright.
Auxiliares: Roberto Coelho e Mário Leite Santos.
FLUMINENSE: Paulo Goulart; Edevaldo, Ademilton, Edinho e Carlinhos; Pintinho, Rubens Galaxe e Kléber (Cristóvão); Robertinho, Parraro (Gilcimar) e Zezé. Técnico: Sebastião Araújo.
FLAMENGO: Cantarele; Toninho, Rondineli, Manguito e Júnior; Carpegiani, Andrade (Zico) e Adílio; Tita, Cláudio Adão e Júlio César (Carlos Henrique). Técnico: Cláudio Coutinho.: