icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2014
21:16

Os investimentos limitados pela não ajuda da patrocinadora em renovações de contrato ou contratações para o ano que vem fará o Fluminense viver uma nova realidade, de mais riscos e menos certezas no ano que vem. O técnico Cristovão Borges disse ter certeza que o time será mais fraco do que o atual.

- Em relação ao patamar, até isso é difícil porque não sei. Única certeza é que não vai ser tão forte quanto hoje. Não vai ser. Vai ser uma aposta. As coisas têm de ficar claras para assumir essa condição. Podemos fazer planejamentos, mas a torcida vem para cobrar o time que ganhou dois Brasileiros. Não dá para dar explicações. Quem trabalha tem que resolver isso. Vai continuar, e a realidade tem que ser clara. Nem tudo está claro. Não vai ser mais forte que hoje, não - assegurou o comandante, que ainda disse que a permanência no clube dependerá do projeto que será apresentado:

 - É preciso que tenha clareza no projeto. O Fluminense sempre monta times para ganhar campeonatos. A torcida está pronta para viver uma nova realidade? Antes de mais nada, é necessário que tudo seja colocado de forma cristalina e que sejam delineados quais serão exatamente os objetivos. Assim, todo mundo compra o projeto junto dentro de uma missão, que sabemos que não é fácil. Se isso não ficar claro, complica muito.

E MAIS
> ATUAÇÕES: Fred brilha e Fábio Santos tem tarde para esquecer
> Fluminense goleia o Corinthians em tarde de gala no Maracanã
> Cristovão comemora vitória pela dignidade dos atletas do Tricolor

O Fluminense só voltará a treinar na próxima quarta-feira. O time enfrenta o Cruzeiro, no próximo domingo, no Mineirão, para fechar a temporada e começar a pensar no ano que vem.