icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/12/2013
19:38

O cenário induzia para um treino de luxo em Copenhague. Mas no Real Madrid atual isso não existe. A equipe espanhola foi à capital da Dinamarca, venceu o Copenhague por 2 a 0, no Parken Stadium, e alcançou dois importantes recordes. Cristiano Ronaldo fez o seu nono gol, sendo o recordista em jogos de fase de grupos da Liga dos Campeões, e o clube chegou aos 800 gols pelo torneio europeu.

O Copenhague tinha como objetivo terminar a fase de grupos em terceiro, o que lhe garantiria um lugar na Liga Europa. Mas para isso teria de segurar pelo menos um empate com o Real Madrid, e ainda torcer para a Juventus bater o Galatasaray em Istambul.

O JOGO

Empurrado pela festa inicial de sua torcida, o Copenhague até que começou na pressão. Só que o entusiasmo dos torcedores dinamarqueses foi diminuindo a medida que o Real Madrid ia entrando no jogo. A cada chute a gol, o goleiro Wiland tinha de fazer uma defesa mais difícil.

A barreira armada pelo time da casa se manteve de pé até os 25 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio de Xabi Alonso a bola ficou com Isco. O meia só ajeitou para Modric limpar a jogada e dar um toque de muita categoria, encobrindo Wiland.

Tirando alguns arremates para o gol, Cristiano Ronaldo esteve com rendimento abaixo do que sempre se espera dele. Só que mesmo assim ele não passaria em branco. Antes mesmo dos cinco minutos do segundo tempo, o português recebeu uma assistência improvável de Pepe, de cabeça, e não perdoou Wiland. O tento foi o nono do atacante na fase de grupos da Liga dos Campeões

Missão cumprida em Copenhague. Agora o Real Madrid só voltará a pensar na Liga dos Campeões em fevereiro, quando serão disputados os jogos das oitavas de final.

FICHA TÉCNICA:
COPENHAGUE 0 x 2 REAL MADRID

Competição: Liga dos Campeões
Data/hora: 10/12/13, às 17h45 (de Brasília)
Local: Parken Stadium, em Copenhague (DIN)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE
Cartões Amarelos: Marcelo (MAD), Xabi Alonso (MAD)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Modric 25'/1ºT (0-1) e Cristiano Ronaldo 3'/2ºT (0-2)

Copenhague: Wiland, Jacobsen, Mellberg, Sigurdsson e Bengstsson; Delaney, Claudemir e Toutouh (Pourier 32'/2ºT); Jorgensen (Bolaños 8'/1ºT e depois Remmer 32'/2ºT) e Vetokele. Técnico: Stale Solbakken

Real Madrid: Casillas, Arbeloa, Nacho, Pepe e Marcelo; Xabi Alonso (Illarramendi 31'/2ºT), Modric (Casemiro 37'/2ºT) e Isco (Di María 22'/2ºT); Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema. Técnico: Carlo Ancelotti