icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/12/2013
11:56

O clima ruim entre Cristiano Ronaldo e Joseph Blatter, presidente da Fifa, parece que vai permanecer assim durante um tempo. Depois das polêmicas (relembre abaixo), o dirigente garantiu que ligou para o português para pedir desculpas pelo ocorrido, mas, durante premiação do jornal "Marca" o craque do Real Madrid diz que não foi bem assim na altura.

- Eu não tenho telefone. Minha secretária não me passou a informação desta ligação - garantiu o craque, que recebeu um prêmio das mãos de Di Stéfano, fez questão de mudar de assunto e elogiar o antigo ídolo merengue:

- O mais importante é aproveitar deste prêmio que vem das mãos de don Alfredo com muito sacrifício. Já vi alguns vídeos e era um fenômeno.

A confusão entre Blatter e Ronaldo aconteceu durante uma palestre do dirigente em uma universidade. Ele disse que preferia Messi dentro e fora de campo, que o português preocupa-se mais com o visual e parece um comandante em campo.

Novamente mudando de assunto, Cristiano Ronaldo garantiu que sua lesão já não existe mais, e falou sobre o seu bom momento.

- Já não tenho lesão. Estou bem há alguns dias. Achamos melhor não forçar contra o Valladolid, mas na próxima partida, estarei. Estou em um bom momento, é possível que seja o meu melhor início de temporada da carreira, mas estive bem nos últimos anos também. A fórmula é trabalhar muito duro - concluiu.