icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
11:51

A festa de aniversário de Cristiano Ronaldo ainda ecoa em Madri. O presidente foi duro nas cobranças e pediu comprometimento aos jogadores. Segundo o jornal "Marca", alguns integrantes de peso do elenco madridista estão na mira da diretoria, que não devem escapar de uma punição.

Entre eles estaria o português Cristiano Ronaldo, pivô da grande confusão por comemorar o aniversário após a goleada para o Atlético de Madrid e mostrou postura uma pouco despreocupada com o jogo e mais ligada aos festejos. Outros que estão na mira da diretoria são os lesionados Sami Khedira, que saiu com problema na coxa no fatídicio jogo, James Rodríguez, que havia operado o pé na quinta, dois dias antes da festa, e Luka Modric, que está fora há quase três meses.

E MAIS
- Inesperado: Barça é surpreendido por antidoping da Uefa em treino
- Insatisfeito com Illarra e Khedira, Real Madrid pode ter Lucas Silva titular

De acordo com o jornal espanhol, os dirigentes pretendem 'passar de página, mas não esquecem' da derrota e dos festejos, lembrando de uma célebre festa de aniversário de Ronaldo Fenômeno, que jogou no clube de 2002 a 2007. Os lesionados não devem escapar de uma punição.

JORNAIS AINDA FALAM DA CRISE

Nesta terça-feira, o jornal "As" fala do gabinete contra a crise instalado no Bernabéu e pede para o 'Real voltar a ser o que era antes'. Já o "Marca" aponta para a reunião do presidente Florentino Perez para abafar os problemas e que ele teria exigido do técnico Carlo Ancelotti e dos jogadores mais compromisso com o clube. O "Sport", de Barcelona, trata o caso merengue como uma 'guerra civil': De la fiesta a la crisis (Da festa à crise).

 

Jornais voltaram a estampar princípio de crise no Real Madrid


CANTOR QUE DIVULGOU FOTOS SE DEFENDE


Kevin Roldan, contratado para animar a festa do craque português, defendeu-se nas redes sociais, meio que utilizou para vazar as fotos da comemoração de Cristiano Ronaldo. O cantor disse que não foi orientado a não postar nenhum arquivo e que divulgou as fotos e vídeos para mostrar o orgulho por ter sido contratado pelo craque.

- Minha intenção ao publicar as fotografias era exclusivamente mostrar aos meus seguidores um feito que enche de felicidade. A celebração não compromete aos jogadores e considero que, como seres humanos antes de famosos, têm todo direito de festejar se desrespeitar seus semelhantes. Além disso, esclareço que não somente eu fiz registros fotográficos ou vídeos. Na celebração, muitos convidados também fizeram. Nenhum dos presentes, inclusive eu, foi proibido de publicar fotografias, nunca disseram que não podia subir conteúdo do evento - disse, pela internet.


Kevin Roldan defendeu-se sobre o vazamento de imagens (Foto: Reprodução/ Instagram)