icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2014
09:05

Um dos mais experientes da seleção espanhola, Sergio Ramos criticou seus companheiros de Fúria que, segundo ele, não estariam com o mesmo compromisso de quando jogam pelo seus respectivos clubes. Mas a cutucada não caiu bem para o meia Cesc Fàbregas, do Chelsea. Ex-rival de dos tempos de Barcelona, o apoiador sentiu-se atingido pelos comentários.

- Senti-me atingido e já falei com o Sergio Ramos o que penso. Conversamos por telefone e está tudo bem. Disse que jogamos juntos desde os sub-21 e que ele não precisa enviar recados pela imprensa. Se tivesse jogado com a minha lesão, poderia ter acontecido comigo o mesmo que com Modric - comentou Fàbregas, citando o caso do croata, que se lesionou em jogo de sua seleção e vai desfalcar o Real Madrid, clube de Sergio Ramos, por pelo menos três meses.

E MAIS
- Mourinho cutuca Sergio Ramos após críticas a Diego Costa: 'Não é médico'

Fàbregas deixou a concentração da Fúria no início do mês com uma tendinite na perna esquerda, motivo pelo qual Ramos o criticou. No entanto, o meia disse que é um prazer jogar pela seleção de seu país.

- Falei com o Del Bosque e ele entendeu, pois acontecia com ele o mesmo quando jogava. Fico surpreso quando duvidam do meu compromisso com a seleção. Já fui convocado várias vezes e muitas vezes nem jogo - completou.


Sergio Ramos tem feito críticas a seus companheiros de Fúria (Foto: Franck Fife/AFP)

Vale lembrar que o técnico José Mourinho, que treinou Sergio Ramos no Real Madrid, já havia defendido o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, após críticas semelhantes do zagueiro.