icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
18:14

Na tarde desse domingo o torcedor catarinense assistiu uma rodada decisiva. Com uma competição marcada pelo equilíbrio entre os clubes, a luta pela vaga na final e também contra a queda para a Segundona, está cada vez mais acirrada.

O JOGO

O jogo no estádio do SESI já começou com a arbitragem muito pressionada pela torcida local. O erro grosseiro no jogo de quarta-feira entre os dois times causou muita confusão entre as diretorias, e as torcidas se provocaram ao longo da semana.

A bola rolou e o Metrô começou jogando em alta velocidade, com o Criciúma marcando forte no meio campo, a solução do técnico Abel Ribeiro foi atacar pelas laterais. Aos dez minutos o ataque do Metropolitano fez boa jogada na linha de fundo e cruzou com perigo, para excelente cabeçada de Reinaldo que raspou na trave.

O Criciúma soube aguentar a pressão inicial e aproveitou um contra ataque para abrir o placar aos quinze minutos. Em bela jogada, Everton invadiu a área e chutou de canhota para a defesa de João Paulo. Mas o goleiro do Metrô cedeu o rebote e Lucca só escorou pro gol.

O time do Metropolitano sentiu muito o gol e caiu de produção. Aproveitando os erros do adversário o Tigre ampliou o placar aos vinte minutos.
Em nova jogada de Lucca o cruzamento rasteiro saiu perfeito para Paulo Baier chutar de primeira e vencer o goleiro João Paulo.

SEGUNDO TEMPO

No começo do segundo tempo o Tigre mostrou que estava disposto a obter a primeira vitória fora de casa. Marcando forte e explorando os contra ataques o Criciúma não demorou a ampliar o placar. Paulo Baier cobrou falta na medida para o Escudero escorar de cabeça. Elton ainda tenta subir com ele, mas foi superado pelo argentino.

Com o Metropolitano já sem forças para reagir o Tigre ainda chegou ao quarto gol com Lulinha. Vitória muito importante para o Criciúma que alcançou provisoriamente a primeira colocação. Já o Metrô precisa de duas vitórias nas últimas rodadas para ainda sonhar com a final.

Enquanto isso no hexagonal do rebaixamento, Avaí e Atlético Ibirama continuam na zona de descenço. Com o empate com o Brusque fora de casa o Avaí se complicou e está mais perto da Segundona em 2015. Já o Chapecoense respirou com a vitória sobre o Marcílio Dias(terceiro) e é o primeiro fora da zona da degola. Brusque e Juventus são os dois primeiros, enquanto o Atlético Ibirama continua na lanterna.


Veja os jogos da quarta rodada do Campeonato Catarinense: Quadrangular Final

16/3 - Domingo

Metropolitano 0 x 4 Criciúma - Estádio do SESI
Figueirense  x  Joinville - Estádio Orlando Scarpelli - 18h30


Veja os jogos da quarta rodada do Campeonato Catarinense: Hexagonal do Rebaixamento

16/3 - Domingo

Chapecoense 2 x 1 Marcílio Dias - Arena Condá
Juventus-SC 3 x 1 Atlético Ibirama - Estádio João Marcatto
Brusque 1 x 1 Avaí - Estádio Augusto Bauer