icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/04/2014
19:25

O Criciúma perdeu a primeira rodada no Campeonato Brasileiro, em jogo polêmico que rendeu até queixa do clube à CBF, e tem vários de seus jogadores no departamento médico. A diretoria, no entanto, não pretende fazer muitas contratações para o restante da temporada.

- Desde o início da formação do time, temos falado que o Criciúma realmente está atrás de um terceiro goleiro, mas que seja para disputar a posição com o Bruno e o Galatto – disse o diretor de futebol, Cláudio Gomes.

Para o dirigente, restam cerca de duas peças para fechar o elenco, que desde o início da temporada já vem se desenhando. Ele afirma que há negociações em andamento, que podem ou não ser concretizadas:

- Não posso dizer nem que sim nem que não (contratação de jogadores nesta semana). Temos negociação em andamento e assim que concretizadas, informamos. Caso contrário, continuamos com este grupo. Faltam uma ou duas peças para concluir o plantel antes da janela internacional – completou.

Apesar da vasta lista de lesionados e da possibilidade de os reforços não virem, o treinador Caio Júnior vai ter a equipe reforçada. O volante Rodrigo Souza e o atacante Cristiano deverão ter condições de atuar. A diretoria, com a sequência de feriados, não conseguiu regularizador o nome da dupla no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF a tempo da estreia no Brasileirão, mas não deve ter maiores problemas para acertar a pendência antes do jogo do próximo domingo, diante do Goiás.

- Não tivemos a liberação do Cruzeiro em tempo hábil para inscrever o Rodrigo Souza. O mesmo ocorreu com o Cristiano, do Maringá. O feriadão prejudicou, se tivéssemos quinta e sexta-feira como dias úteis, teríamos inscrito os dois. Os acertos se prolongaram e conseguimos concretizar depois, porque os estaduais estavam acabando e uma informação dentro de um grupo de um atleta vendido ou indo para outro clube prejudica o ambiente. Não poderíamos, por cláusula de sigilo, antecipar isso.