icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci, Gabriel Carneiro e Russel Dias
09/11/2014
10:06

Jogar na zona leste de São Paulo será novidade para o Santos, que enfrentará o Corinthians em Itaquera pela primeira vez, neste domingo, às 19h30, pela 33ª rodada rodada do Campeonato Brasileiro. Mas para Jorge Eduardo, relacionado para a partida, é literalmente brincadeira de criança.

Criado em Artur Alvim, bairro vizinho de Itaquera, o jovem atacante do Peixe começou a jogar futebol nas ruas e quadras da região, lugar este que segundo o próprio Jorge é tomado por corintianos.

Inclusive, seus amigos de longa data prometeram estar no estádio, mas para a tristeza de Jorge, será torcer contra o Peixe e a favor do Timão. Mesmo assim, o recém-promovido da base santista tem motivação de sobra para esta partida.

- Na verdade, nunca imaginei, nunca achei que pudesse ter um estadio ali. Quando começou a construir um estádio da Copa do Mundo, pensei que deveria ser legal jogar ali, em casa, achei bacana - contou ao LANCE!Net.

Outro combustível extra para o jovem de 20 anos, que poderá ter uma chance em consequência das lesões de Geuvânio, Thiago Ribeiro e Robinho, será jogar um clássico.

Desde que subiu para o profissional, jogou apenas um, contra o Palmeiras, em que saiu do banco de reservas. Desta vez, com maiores possibilidades de jogar, ele busca o primeiro gol na carreira.

- A vontade de fazer o primeiro gol é enorme, tive bastante chances, mas uma hora vai sair, quem sabe no clássico - disse o esperançoso atacante, acostumado a marcar gols nas tardes de domingo na zona leste.