icons.title signature.placeholder Thiago Correia
15/11/2013
07:38

Enfim chegou o dia do início de um dos duelos mais esperados do ano. Nesta sexta-feira, Portugal e Suécia se enfrentam pela ida da repescagem europeia para a Copa do Mundo, e os astros Cristiano Ronaldo e Ibrahimovic vão definir quem vai ao Mundial, e quem vai assistir pela televisão. Os dois vivem grandes fases - nas últimas cinco partidas, o craque do Real Madrid marcou nove gols, e o do PSG fez 10 -, e polarizam as atenções no Estádio da Luz a partir das 17h45 (de Brasília).

Cristiano Ronaldo chegou a ser dúvida para o jogo. Apresentou-se em Óbidos, local de concentração da seleção com um traumatismo no pé esquerdo, e treinou durante duas dois apenas na academia da seleção. Pepe, Fábio Coentrão e João Pereira também chegaram machucados, mas se recuperaram, e assim como Miguel Veloso, que sentiu dores nas atividades de quarta, estão liberados e devem todos ser titulares na equipe de Paulo Bento.

Pelo lado sueco, Ibrahimovic chega 100%, vai liderar o ataque da seleção com o apoio de Elmander, e ganhou elogios de Miguel, ex-lateral de Portugal e do Valencia. Porém, o antigo jogador, que ainda pensa em voltar aos gramados, acredita que o seu antigo companheiro vai marcar a diferença.

- Eu gosto dos dois, mas até por ter visto e vivido de perto com o Cristiano, visto como ele encara o jogo, como treina, me inclino por ele. Mas o Ibrahimovic é um grande jogador, já deu provas disso, passou por grandes clubes, está em um grande clube, mas acredito que o Cristiano vai fazer a diferença - disse Miguel em entrevista exclusiva ao LANCE!Net, lembrando que a polêmica do português com Joseph Blatter, presidente da Fifa, que criticou Ronaldo, foi boa para o jogador:

- Até foi bom o Blatter ter feito aquilo, eu costumo dizer aos amigos que aquilo atiçou o Ronaldo, e faltou respeito por parte do presidente da Fifa.

CR7 ou Ibrahimovic: quem vem à Copa do Mundo?

Na ocasião, Blatter disse que prefere Messi em relação a Ronaldo dentro e fora de campo, que o português preocupa-se mais com o visual, e que parece com um militar em campo. Porém, Miguel, que é amigo pessoal do astro do Real Madrid, garante que o jogador está longe de ser arrogante.

- Eu costumo dizer que o Cristiano é uma coisa dentro de campo, e outra fora. Na comemoração dos gols, que é o caso mais concreto, as pessoas falam muito disso, ele sempre foi muito assim, e não vai mudar... Eu, conhecendo como pessoa, é meu amigo pessoal, ele vive para a família, é humilde, por mais estranho que pareça, um pouco tímido, e já foi mais - concluiu.

  
Ibra está confirmado (Foto: Jonathan
Nackstrand/AFP)

BATE-BOLA
Miguel
Ex-lateral do Valencia e da seleção portuguesa, ao LANCE!Net

Um jogo de repescagem é mais tenso que um normal?
Pode-se considerar uma final, e é uma final. Envolve muita ansiedade, nervosismo. Até o dia do jogo, é uma responsabilidade enorme, é complicado. Mas quando chega, quando o árbitro apita, tudo é mais fácil. Mas a pressão do povo... É um país inteiro esperando uma alegria, ainda mais em momentos de crise, é um momento para fazer o povo sorrir. Meus ex-colegas de profissão, certamente estão sentindo isso, alguns estão na primeira vez em um jogo desta importância. E eles têm qualidade, devem encarar da melhor maneira possível, respeitar o adversário e fazer o melhor pelo país.

É melhor começar a decidir em casa ou seria melhor melhor ter o segundo jogo em Lisboa?
Eu acho que é bom começar em casa, ao contrário do que muita gente diz. Vai ter o apoio do décimo segundo jogador, o estádio vai estar cheio, e acho que é bom, sai com o resultado, se Portugal ganhar, vai para a Suécia com um resultado mais cômodo, encara o jogo de outra maneira. Acredita que Portugal vai ganhar, e o jogo na Suécia acaba sendo mais fácil.

Há algum favorito?
Neste momento as duas seleções são muito iguais. Portugal não está no melhor momento. Teve fases muito boas, e depois parece que falta um pouco de maturidade, não sabemos ao que jogamos. Temos um grande jogador como o Cristiano, mas não só, jogadores de grande nível, que estão nos melhores clubes do mundo. É para esquecer tudo, pensar só no jogo, concentrar-se e fazer o que sabem que é jogar bola.

  
CR7 é o destaque português (Foto: Peter Muhly/ AFP)

Como é Cristiano Ronaldo fora de campo?
Uma pessoa que ganha o que ganha, joga o que joga, acaba não tendo vida social, acaba sendo complicado, e ele tem as pessoas indicadas ao lado e ele sabe gerir isso. Os anos todos que vivi com ele, dentro e fora de campo, só tenhoa dizer bem, um grande ser humano, uma excelente pessoa. Só depois de conhecer que dá para ter uma ideia. Excelente pessoa, excelente jogador, e espero que sexta-feira ele decida.

FICHA TÉCNICA
Local: Estádio da Luz, Lisboa (POR)
Data-hora: 15/11/2013, às 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)

PORTUGAL: Rui Patrício, João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, Raul Meireles (Josué) e João Moutinho; Nani, Cristiano Ronaldo e Hélder Postiga. Técnico: Paulo Bento
SUÉCIA: Issakson, Lustig, Nilson, Antonsson e Olsson; Ekdal, Durmaz, Wernbloom, Larsson e Elmander;Ibrahimovic. Técnico: Erik Hamren