icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2014
20:13

Cristiano Ronaldo e Messi estão mais do que acostumados a se enfrentarem. Porém defendendo Real Madrid e Barcelona, respectivamente. Nesta terça-feira vai ser a vez de jogarem defendendo os seus países, Portugal e Argentina. O local será um velho conhecido pelo português, o Old Trafford, casa do Manchester United, clube que tanto brilhou no início de sua carreira.

Ambos já têm recordes pelas seleções, mas não são tão numerosos quanto os que têm pelos clubes. Ronaldo, por exemplo, é o maior artilheiro da seleção portuguesa com 52 gols. Messi ainda não é, mas com 45, deve alcançar os 56 de Bastituta em pouco tempo.

Um assunto que acabou sendo muito discutido nas salas de imprensa do Old Trafford foi a Bola de Ouro. Os dois, novamente, são os principais favoritos a levar o prêmio de melhor jogador do mundo. E os técnicos acabaram escolhendo os seus craques.

- Ronaldo foi esta temporada o melhor do mundo. Mas quando se vai votar, temos sempre de ter em consideração Messi. Já votei, e votei no Cristiano - garantiu Fernando Santos:

- Quando estamos na presença de dois gênios, alguns estarão mais para um ou mais para outro. Ninguém está preocupado minimamente com essa questão. Queremos sim que se proporcione um bom jogo. Ainda não ouvi o Cristiano falar desse assunto.

Do outro lado, Gerardo Martino, que já comandou Messi no Barcelona, garante que o seu voto é para o seu camisa 10 e capitão. Mas também lembra que o seu sentimento acaba pesando.

- Não dá para deixar de lado que no processo de decisão, eu sou argentino, e o meu coração fica com Messi. Não sou a melhor pessoa para decidir, não consigo separar o sentimento da minha decisão. Seja o que Messi apresentar, eu votaria nele. Mas eu votaria em termos futebolísticos - garantiu Tata.