icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
23/06/2014
15:57

Talvez não mude muito a conta bancária dos milionários Didier Drogba e Yaya Touré, mas a Costa do Marfim recebeu um incentivo extra em busca da classificação inédita na história do país para as oitavas de final da Copa do Mundo.

Se vencer a Grécia, às 17h desta terça-feira, no Castelão, em Fortaleza (CE), os marfinenses garantirão não só a vaga, mas cada jogador ganhará 35,8 mil euros (cerca de R$ 108 mil). O bicho estabelecido por triunfo era de 17,9 mil euros (R$ 54 mil), valor garantido na primeira rodada ao superar o Japão por 2 a 1, de virada, na Arena Pernambuco, no Recife.

A injeção de ânimo em forma de cifrões aconteceu em Águas de Lindoia (SP), antes dos Elefantes desembarcarem na capital cearense na noite de domingo, com a presença de apenas dois torcedores. A notícia foi dada pelo presidente da Assembleia Nacional Marfinense, Guillaume Soro, que encontrou a delegação em nome do mandatário do país, Alassane Ouattara.


Gervinho marcou contra o Japão, na primeira rodada (Foto: Emmanuel Dunand/ AFP)

Nas duas primeiras participações, a equipe não passou da etapa de grupos, tanto no Mundial da Alemanha quanto na África do Sul.

Na segunda colocação do Grupo C, com três pontos, a Costa do Marfim pode até avançar com um empate diante dos gregos, na lanterna com um ponto somado. Para que isso aconteça, o Japão, terceiro e com maior saldo do que a Grécia, não pode vencer a Colômbia por mais de dois gols de diferença, na Arena Pantanal, em partida simultânea. Um triunfo simples assegura o avanço e a bolada de dinheiro.