icons.title signature.placeholder Bruno Andrade
24/07/2014
01:02


O árbitro Igor Junio Benevenuto ainda nem tinha apitado o fim da partida, quando a Arena Corinthians já chamava a atenção pelos diversos espaços vazios nas arquibancadas. Boa parte da torcida não viu o gol de pênalti de Renato Augusto, aos 45 minutos do segundo tempo, que selou a vitória corintiana por 3 a 0 em cima do Bahia, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Com medo de perder o horário do metrô, muitos torcedores foram embora antes do término do confronto. O fim da partida foi marcado pela pressa daqueles que resolveram aproveitar até o último minuto. Mas alguns deles "pagaram caro" pela decisão.

As estações Corinthians-Itaquera e Artur Alvim (Linha Vermelha) fecharam os portões portões quando o relógio marcava 0h19 e 0h21, respectivamente. A reportagem do LANCE!Net flagrou aproximadamente 50 torcedores sendo barrados na entrada da Estação Corinthians-Itaquera, que fica ao lado do estádio alvinegro. Revoltados, eles reclamaram do horário de fechamento do metrô, já que muitos deles estavam atrasados por questões de segundos. Apesar das fortes críticas, não houve confusão, isso porque o local estava cercado por vários seguranças do metrô.

Preocupada com eventuais problemas com os horários de fechamento dos transportes públicos em dias de jogos às 22h na Arena Corinthians, a diretoria do Timão tem conversado com a Governo paulista para encontrar uma solução para facilitar a vida dos torcedores.