icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Renato Rodrigues
25/03/2014
07:00

O Corinthians viverá uma corrida contra o tempo nos próximos seis dias. Focado em trazer até quatro nomes para reforçar o elenco do técnico Mano Menezes, o Timão tem até o fim do próximo dia 31 (segunda-feira) para trazer atletas que atuam no exterior.

Isso porque a janela de transferências internacionais fecha exatamente nesta data. Depois de um longo processo de observação e filtragem, a diretoria de futebol deve, enfim, avançar nas negociações.

Ciente de que dificilmente conseguirá nomes de peso dentro do Brasil, a cúpula aponta principalmente para o mercado sul-americano, no qual as quantias a se investir são consideradas mais baixas. Membros da comissão técnica, inclusive, estiveram na Argentina para acompanhar jogos da Libertadores e voltaram com opções, que ainda são tratadas em sigilo.

– Se eu disser que estamos observando, o preço vai subir e a realização do negócio será difícil. Por isso não falo. Não é querer esconder. Essas coisas precisam ser tratadas internamente. Olhamos vários jogadores com a nossa equipe de avaliação. As escolhas vão recair sobre alguns que possam significar reforços – explica Mano Menezes.

As posições procuradas pelo Corinthians também já estão definidas: um lateral-direito para brigar por posição com Fagner; dois atacantes para o clube repor a saída de Pato e provavelmente a de Emerson; e um zagueiro, de preferência canhoto, característica que falta ao grupo. Um nome de meio de campo, caso apareça como oportunidade de mercado, também não está descartado.