icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
18/02/2015
10:17

O corpo do ex-goleiro do Criciúma Alexandre Pandóssio, de 53 anos, está sendo velado em crematório no Sul de Santa Catarina. O ex-atleta, campeão da Copa do Brasil em 1991, sob o comando de Luiz Felipe Scolari, morreu na última terça-feira, vítima de sucessivas paradas cardíacas.

Por volta das 23h desta terça-feira o local do velório foi liberado para familiares, amigos e torcedores se despedirem no ex-goleiro. Alguns ex-companheiros de Tigre como Itá, Vilmar, Sarandí e Wilson comparecem ao crematório para a despedida. Maior artilheiro da história do Criciúma, Vanderlei também prestou sua homenagem e condolências aos familiares de Alexandre.

O velório de Alexandre se estende até as 17h desta quarta-feira, quando o corpo será levado para ser cremado. Outos ex-companheiros e mais torcedores devem aparecer no local para o adeus ao ex-goleiro.

O ex-jogador jogava futevôlei pela manhã desta terça-feira com alguns amigos, dentre eles o ex-companheiro de clube Sarandi, quando sentiu-se mal. Levado ao hospital São José, não resistiu a sucessivas paradas cardíacas, vindo a falecer.

Nascido em Ribeirão Preto, Alexandre, além do Criciúma, defendeu o Noroeste e o Mogi Mirim, ambos do interior de São Paulo. No Tigre ganhou também quatro títulos estaduais.