icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2013
13:56


Depois da atividade tática no CT Joaquim Grava, de olho no clássico contra o São Paulo neste domingo, os jogadores do Corinthians realizaram um treino de finalizações. Desta vez, de forma bem descontraída, os jogadores não perderam a chance de se provocarem e caíram na gargalhada.

Guerrero foi a maior vítima do goleiro Julio Cesar, que não perdoava a cada chute para fora. Quando as bolas chutadas pelo peruano foram para cima do gol, o camisa 1 não perdeu a chance de alfinetar: "Tem barreira?", "Quando olha para a minha cara você treme!", "É futebol americano?", "Essa eu podia até ter encaixado", foram algumas das provocações.

Quando o camisa 9 fez gols, não respondeu. No entanto, Emerson Sheik, que também participava da atividade, não perdoou Julio: "Essa é para você ficar esperto" e "Encaixa aí agora". Sheik também brincou que era Ademir da Guia e Romário quando chutou algumas bolas.

Na atividade de cruzamentos, outros jogadores foram vítimas de piadas. O zagueiro Gil foi alvo depois que errou uma cabeçada: "Quando a bola bate nesse bombril perde a força", disse Julio Cesar.

Edenilson, que estava realizando cruzamentos da lateral direita, foi cornetado pelo ex-presidente Andrés Sanchez, que assistiu ao treino ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Roberto de Andrade: "Você fica duas horas cruzando essas bolas e não acerta nenhuma!".


Depois da atividade tática no CT Joaquim Grava, de olho no clássico contra o São Paulo neste domingo, os jogadores do Corinthians realizaram um treino de finalizações. Desta vez, de forma bem descontraída, os jogadores não perderam a chance de se provocarem e caíram na gargalhada.

Guerrero foi a maior vítima do goleiro Julio Cesar, que não perdoava a cada chute para fora. Quando as bolas chutadas pelo peruano foram para cima do gol, o camisa 1 não perdeu a chance de alfinetar: "Tem barreira?", "Quando olha para a minha cara você treme!", "É futebol americano?", "Essa eu podia até ter encaixado", foram algumas das provocações.

Quando o camisa 9 fez gols, não respondeu. No entanto, Emerson Sheik, que também participava da atividade, não perdoou Julio: "Essa é para você ficar esperto" e "Encaixa aí agora". Sheik também brincou que era Ademir da Guia e Romário quando chutou algumas bolas.

Na atividade de cruzamentos, outros jogadores foram vítimas de piadas. O zagueiro Gil foi alvo depois que errou uma cabeçada: "Quando a bola bate nesse bombril perde a força", disse Julio Cesar.

Edenilson, que estava realizando cruzamentos da lateral direita, foi cornetado pelo ex-presidente Andrés Sanchez, que assistiu ao treino ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Roberto de Andrade: "Você fica duas horas cruzando essas bolas e não acerta nenhuma!".