icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/06/2014
14:45

Após a vitória por decisão contra Glover Teixeira, em abril, pelo UFC 172, Jon Jones ainda não se pronunciou sobre seu futuro dentro da organização. Segundo Daniel Cormier e Alexander Gustafsson, maiores rivais do campeão na atualidade, o americano estaria evitando assinar o contrato para definir seu próximo adversário no evento. O sueco, inclusive, declarou na última semana que já aceitou o confronto, mas que o desafeto se recusa a assinar o acordo. Agora, foi a vez de Cormier disparar contra o dono do cinturão meio-pesado e sugerir uma solução para a demora de Jones.

Em entrevista ao site SportsWorldNews.com, Daniel afirmou que, caso Jon Jones demore a definir seu futuro junto ao UFC, a franquia deveria promover uma disputa de título interino entre ele e Gustafsson.

- Sei que isso provavelmente vai soar impopular, mas se Jones não vai assinar o contrato, seja por dinheiro ou a falta de vontade de lutar contra alguém, vou lutar contra Alexander Gustafsson. E isso deve ser pelo título interino - sugeriu o ex-campeão dos pesados do Strikeforce.

Apesar de toda rivalidade entre Cormier e Jones - alimentada por ambos desde a chegada do primeiro ao UFC - Daniel garante que seu foco verdadeiro é o cinturão do evento, não um confronto com Jon.

- Se colocarem um cinturão em disputa, não me importo com a data. Nunca foi a respeito de Jones, apenas quero o título. Fora que minha ideia funcionaria bem para Jones e ele não teria de enfrentar nós dois - provocou. 

Daniel Cormier vem de vitória por finalização contra Dan Henderson, no UFC 173. O americano soma um cartel perfeito de 15 vitórias e nenhuma derrota. Depois de duas vitórias na categoria dos pesados, Cormier decidiu descer de peso já que seu companheiro de treinos Cain Velásquez é o atual campeão da divisão e ambos já garantiram que jamais se enfrentariam.