icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/02/2015
19:46

A vitória do Corinthians sobre o Palmeiras por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Allianz Parque foi exaltada pelos alvinegros. Batendo o Verdão com um homem a menos, já que o goleiro Cássio foi expulso por cera, o elenco corintiano deixou o estádio alviverde com sentimento de dever cumprido.

Aos 13 minutos do segundo tempo surgiu o lance polêmico do Dérbi. O arqueiro, que já havia sido amarelado por atrasar o recomeço do jogo, questionou uma falta com o árbitro da partida Raphael Claus, e dirigiu-se até a linha de fundo para pegar a bola e bater tiro de meta. Entretanto, uma outra bola já estava posicionada no local. Mesmo assim, Cássio jogou uma das bolas para perto da outra, em campo. Pelo ato do jogador, o juiz entendeu que o goleiro estava retardando a partida e decidiu expulsá-lo.

Na saída do gramado, o corintiano alegou não ter visto a bola atirada pelo gandula palmeirense e inicialmente posicionada para o tiro de meta. Apesar do lance, o Corinthians manteve o resultado e saiu vencedor da partida. Danilo, autor do gol alvinegro, exaltou a superação da equipe.

- Não é nem o gol, o importante é ajudar os companheiros. Com um a menos a gente se desgastando ao máximo, corremos muitos, nos doamos e conseguimos vencer. Nossa equipe é muito forte e tem muito a melhorar ainda - disse o meia.

Walter, que substituiu Cássio, teve participação providencial no clássico, após defender chute à queima-roupa do lateral-direito Lucas no fim do jogo. Sobre a expulsão do companheiro, o goleiro preferiu não polemizar.

- Não sei o que aconteceu, preciso rever, acabei não vendo o lance, mas vai da interpretação do árbitro. Já sobre a defesa, foi uma defesa que precisou na hora, e graças à Deus consegui fazer e ajudar com os três pontos. Fizemos uma grande partida com um homem a menos, soubemos neutralizar o Palmeiras e sair vencedor - finalizou.

Com a vitória, o Corinthians lidera o Grupo B do Estadual, com seis pontos em dois jogos, ao lado do Rio Claro. O Timão agora foca as atenções na Copa Libertadores, competição a qual disputará partida decisiva contra o Once Caldas, na próxima quarta-feira, na Colômbia. A equipe leva gorda vantagem na bagagem: 4 a 0.