icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
11/12/2013
11:15

A Portuguesa pode ser protagonista de uma reviravolta na já encerrada edição do Campeonato Brasileiro de 2013. A escalação do meia Héverton na partida contra o Grêmio, válida pela última rodada da competição, pode fazer com que a Lusa perca quatro pontos, já que o jogador estava supostamente suspenso, e caia para a Série B, salvando o Fluminense. Recentemente, outras equipes do futebol paulista se livraram de situações parecidas.

O Corinthians, por exemplo, correu o risco de ser punido no Brasileirão do ano passado. O clube não se lembrou da regra que estabelecia um limite de três estrangeiros por jogo e levou o argentino Martínez, o chinês Zizao e os peruanos Guerrero e Ramírez para a partida contra o Bahia, no dia 20 de outubro de 2012. Por sorte, na chegada ao Pacaembu, um repórter de rádio questionou um dos dirigentes do Corinthians sobre a situação, e o erro que custaria pontos ao clube foi evitado.

Neste ano, o Timão também se salvou por pouco de problema semelhante. O clube levou Cleber para Lucas do Rio Verde, onde o clube enfrentou o Luverdense pela Copa do Brasil. Porém, na cidade mato-grossense, surgiu a informação de que o zagueiro já havia disputado a edição de 2013 da competição pela Ponte Preta. Deste modo, ele viajou e treinou, mas não pôde ser relacionado para a partida.

O Santos também já viveu situação semelhante na Copa Libertadores do ano passado. O clube levou Juan para o jogo contra o The Strongest, em La Paz (BOL), mas, horas antes da partida, descobriu que o lateral-esquerdo não poderia atuar por carregar uma suspensão da Sul-Americana do ano anterior.