icons.title signature.placeholder Bruno Andrade
21/07/2014
14:30

O Corinthians rejeitou na última semana uma proposta de um clube da China por Guerrero. A oferta de 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 18 milhões) chegou a interessar, mas as negociações não avançaram a pedido do técnico Mano Menezes.

O interesse do futebol chinês no camisa 9 do Timão surgiu no início de julho. Mas, com o fracasso na contratação de Marcelo, que completou sete jogos pelo Atlético-PR no Brasileirão no último fim de semana, a comissão técnica alvinegra não quis abrir mão de Guerrero, único atacante de área do elenco.

Guerrero chegou ao Corinthians no começo de junho de 2012, contratado do Hamburgo (ALE). Na ocasião, o clube desembolsou cerca de 3 milhões de euros (R$ 7,5 milhões) para contratar o jogador, que é ídolo e capitão da seleção do Peru.

Além de Guerrero, o Timão tem mais quatro atacantes no grupo: Luciano, Romarinho, Romero e Malcom. Mesmo com o insucesso na negociação por Marcelo, Mano ainda quer a contratação de mais um atacante de referência. Até o próprio Guerrero vê com bons olhos a chegada de um "concorrente".