icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
07:03

A iminente ida de Alan Kardec do Palmeiras para o São Paulo foi assunto também no Corinthians. Após a vitória do Timão por 2 a 0 sobre o Flamengo, no último domingo, o diretor de futebol Ronaldo Ximenes negou que tenha perdido a briga pelo centroavante. Segundo ele, não foi aberta nenhuma negociação para contar com o atleta.

O que se sabe é que o time do Parque São Jorge não procurou o Benfica (POR) - dono de seus direitos econômicos - ou mesmo o staff do jogador. Foi feita apenas uma sondagem indireta para saber as condições do negócio. E o contato foi feito através de um grupo de investidores. A novela de uma renovação de contrato do jogador com o Palmeiras durou semanas e o desgaste fez com as negociações fossem rompidas.

- Não vejo como uma perda nossa. O Corinthians não procurou o Alan Kardec nem tampouco os seus representantes, portanto, não estaria perdendo. Obviamente, se não procuramos, não estamos perdendo - explicou Ximenes, em entrevista à rádio ESPN.

Questionado se o nome de Alan Kardec foi cogitado internamente em algum momento, o diretor explicou que uma investida só seria feita caso o Palmeiras não conseguisse exercer sua prioridade de compra, que vai até o fim de maio. Neste meio tempo, o São Paulo atravessou o negócio e já dá a contratação como certa.

- Depois de encerrada, estamos falando de hipótese, se encerrar, se o Palmeiras não exercer os direitos que têm até o fim de maio, vira um cenário completamente distinto. É lógico, acredito que o Alan Kardec interessa a qualquer clube, é um grande jogador. Mas temos que agir dentro da realidade e, dentro dessa realidade, é difícil tê-lo - concluiu Ronaldo Ximenes.