icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/11/2014
09:01

Em ascensão nesta reta final do Brasileirão, o Corinthians (atual terceiro colocado) quer mais do que uma simples vaga para a Libertadores do ano que vem. Ciente da impossibilidade de ultrapassar o Cruzeiro (distância de dez pontos em um universo de nove disputados), o técnico Mano Menezes almeja a vice-liderança, posição hoje pertencente ao São Paulo.

Além de passar o São Paulo, rival do Alvinegro, o Corinthians também assegura sem maiores complicações uma vaga na fase de grupos da Libertadores do ano que vem caso termine em segundo lugar. Vale lembrar que a terceira colocação também dá vaga direta à fase de grupos, mas poderia render "altas emoções" para ser mantida nesta reta final do Brasileirão. Apenas o quarto colocado nacional é que tem de passar pela chamada pré-Libertadores.

O Timão, porém, mantém os pés no chão. Afinal, a equipe retornou ao G4 apenas na última rodada. Após o empate por 2 a 2 com o Coritiba, na 32ª rodada, o Corinthians chegou a cair para a sétima posição.

– Penso que você sempre tem de buscar o melhor. Sempre trabalhamos com os pés no chão. Temos de conquistar a vaga indireta primeiro. Se tivermos possibilidade de conquistar a vaga direta depois, vamos em busca até o fim – afirmou o técnico alvinegro.

– Temos de fazer nosso melhor nas rodadas finais, pensando jogo a jogo. Se conseguirmos a vitória, vamos continuar pensando em avançar, para conseguir coisas melhores para a próxima temporada – completou Mano Menezes, que não deve ter seu contrato renovado pelo Corinthians para 2015.

Atualmente, o Cruzeiro é o único brasileiro com vaga assegurada na Libertadores do ano que vem.