icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Renato Rodrigues
23/03/2014
09:00

Falar em Luciano no Corinthians é vislumbrar um futuro e dias melhores para o clube. Com seis gols em seis partidas, o jovem de 20 anos é a grande aposta alvinegra para terminar de forma honrosa o Paulistão-2014, neste domingo, no Pacaembu, às 16h, com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

De olho na situação de seu promissor atacante, única boa notícia nesta eliminação precoce no estadual, o time do Parque São Jorge já começa a se movimentar nos bastidores para ter o garoto por muito mais tempo. Atualmente o Corinthians tem apenas 25% dos direitos econômicos do atleta. Em contrato, ainda tem a preferência de compra de mais 25%. O prazo para fazer o investimento é até maio do ano que vem, mas a cúpula já estuda abrir o bolso nos próximos meses.

Luciano, além da parte do Timão, é dividido em mais duas partes: 60% do grupo de investidores da Plus Sports – alvinegros comprariam os 25% exatamente destes agentes – e mais 15% de um primeiro investidor, que fez todo o trabalho com ele nas categorias de base do Atlético-GO.

Adquirindo mais uma fatia do atacante e ficando com a maior parte, o Corinthians, por sua vez, teria mais poder de decisão e lucros caso cheguem propostas pelo jovem nas próximas janelas de transferências.

Fora de campo o sucesso na nova casa tem surtindo efeitos e mudanças na vida do camisa 18. Apesar de muito tranquilo, Luciano já sente que não dá mais para andar tranquilamente em um shopping, por exemplo. Cada gol que marca, faz o assédio, principalmente das crianças, aumentar. Nada que o tire do foco...

– Eu procuro conversar muito com os caras mais experientes do elenco. Com o Mano Menezes também. Mas não mudou muita coisa na minha vida – garante o atacante.

A preocupação de seu estafe e, principalmente do Corinthians, segue em manter o jogador com os pés no chão. Apesar de considerá-lo com a “cabeça boa”, ambas as partes vivem o alertando para os perigos de um vislumbramento na carreira.