icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
23:44

A torcida do Corinthians voltou a gritar gol no Pacaembu pelo Campeonato Brasileiro! Na noite desta quarta-feira, o Timão fez 2 a 0 no Grêmio e voltou a vencer no torneio, após dois empates e uma derrota. Com o resultado, saltou para a oitava colocação, com 14 pontos. Já o time gaúcho segue em sétimo, com 15.

Jogando pelo nacional no estádio Paulo Machado de Carvalho, o Timão não fazia gols há 320 minutos. O último havia sido em 1º de junho, na vitória por 1 a 0 contra a Ponte Preta. No Brasileirão, aliás, o time tinha apenas esse triunfo em casa, além de três empates e uma derrota - com só dois gols marcados até a bola rolar. O ataque, que era o pior da competição, deixou de ser com a vitória da quarta-feira. O Náutico, com sete, é agora o "lanterna", com um a menos que o clube paulista.

O Grêmio, por sua vez, pode ter perdido um de seus jogadores mais importantes na partida. Zé Roberto deixou o jogo com dores na coxa direita e pode desfalcar o time no Gre-Nal de domingo.

O JOGO

A fim de se aproximar dos primeiros colocados, Corinthians e Grêmio fizeram um jogo bastante pegado, com algumas divididas mais ríspidas. Incentivados pelo árbitro Alício Pena Júnior, que deixou o jogo correr, os jogadores brigaram muito pela posse de bola.

O confronto, porém, deixou de ter seu equilíbrio logo com 20 minutos. Isso porque o técnico Renato Gaúcho perdeu sua principal arma no meio de campo por lesão. Com dores na coxa direita, Zé Roberto deu lugar a Guilherme Biteco.

Com um espírito diferente do apresentado no empate sem gols contra o São Paulo, mas a mesma escalação, o Timão chegou ao gol aos 33 minutos. Com habilidade, Romarinho se livrou da marcação e tocou para Guerrero, que chutou cruzado. Dida defendeu e, no rebote, Emerson Sheik fez o seu segundo no Brasileiro. A arbitragem ignorou a posição de impedimento.

Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Emerson Sheik (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)

O segundo tempo começou como terminou, com o Corinthians com maior presença no ataque. Em tabela, Danilo deu de calcanhar e deixou Romarinho na cara do gol. Ele, porém, errou o alvo. Os times foram enfileirando chances, mas o placar seguiu o mesmo. Primeiro, Elano bateu falta, Cássio saiu mal do gol e Riveros acertou cabeçada no travessão. No contra-ataque, Guerrero passou por Adriano e chutou cruzado, com muito perigo.

Biteco, que havia entrado, foi sacado por Renato Gaúcho para a entrada de Vargas. No Timão, Tite colocou Renato Augusto e Alexandre Pato, jogadores que a torcida pedia que fossem titulares antes do apito inicial. E essas mexidas deram um resultado melhor. Em batida de escanteio de Renato Augusto, Paulo André cabeceou, a bola bateu em Alex Telles foi para o fundo das redes: 2 a 0! Pato ainda tentou tocar na bola, mas ela já havia entrado.

Na próxima rodada, os dois times jogam no domingo. Às 16h, o Corinthians visita o Criciúma no Heriberto Hulse. Depois, às 18h30, o Tricolor faz o clássico com o Internacional na Arena Grêmio.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2x0 GRÊMIO

Data/Hora: 31/07/13 - 22h (de Brasília)
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Alicio Penna Junior (MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Dilbert Pedrosa (RJ)
Renda/Público: R$ 737.112,50 / 23.849 pagantes (24.883 presentes)
Cartões amarelos: Pará, Werley (GRE)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gols: Emerson Sheik, 34/1T (1-0) e Paulo André, 35/2T (2-0).

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Igor; Ralf, Guilherme e Danilo; Romarinho (Renato Augusto, 18/2T), Emerson (Douglas, 36/2T) e Guerrero (Alexandre Pato, 25/2T). Técnico: Tite.

GRÊMIO: Dida; Pará, Bressan, Werley e Alex Telles; Adriano, Riveros, Zé Roberto (Guilherme Biteco, 19/1T, depois Vargas, 33/2T) e Elano; Kleber e Barcos (Lucas Coelho, 42/2T). Técnico: Renato Gaúcho.

A torcida do Corinthians voltou a gritar gol no Pacaembu pelo Campeonato Brasileiro! Na noite desta quarta-feira, o Timão fez 2 a 0 no Grêmio e voltou a vencer no torneio, após dois empates e uma derrota. Com o resultado, saltou para a oitava colocação, com 14 pontos. Já o time gaúcho segue em sétimo, com 15.

Jogando pelo nacional no estádio Paulo Machado de Carvalho, o Timão não fazia gols há 320 minutos. O último havia sido em 1º de junho, na vitória por 1 a 0 contra a Ponte Preta. No Brasileirão, aliás, o time tinha apenas esse triunfo em casa, além de três empates e uma derrota - com só dois gols marcados até a bola rolar. O ataque, que era o pior da competição, deixou de ser com a vitória da quarta-feira. O Náutico, com sete, é agora o "lanterna", com um a menos que o clube paulista.

O Grêmio, por sua vez, pode ter perdido um de seus jogadores mais importantes na partida. Zé Roberto deixou o jogo com dores na coxa direita e pode desfalcar o time no Gre-Nal de domingo.

O JOGO

A fim de se aproximar dos primeiros colocados, Corinthians e Grêmio fizeram um jogo bastante pegado, com algumas divididas mais ríspidas. Incentivados pelo árbitro Alício Pena Júnior, que deixou o jogo correr, os jogadores brigaram muito pela posse de bola.

O confronto, porém, deixou de ter seu equilíbrio logo com 20 minutos. Isso porque o técnico Renato Gaúcho perdeu sua principal arma no meio de campo por lesão. Com dores na coxa direita, Zé Roberto deu lugar a Guilherme Biteco.

Com um espírito diferente do apresentado no empate sem gols contra o São Paulo, mas a mesma escalação, o Timão chegou ao gol aos 33 minutos. Com habilidade, Romarinho se livrou da marcação e tocou para Guerrero, que chutou cruzado. Dida defendeu e, no rebote, Emerson Sheik fez o seu segundo no Brasileiro. A arbitragem ignorou a posição de impedimento.

Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Emerson Sheik (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)

O segundo tempo começou como terminou, com o Corinthians com maior presença no ataque. Em tabela, Danilo deu de calcanhar e deixou Romarinho na cara do gol. Ele, porém, errou o alvo. Os times foram enfileirando chances, mas o placar seguiu o mesmo. Primeiro, Elano bateu falta, Cássio saiu mal do gol e Riveros acertou cabeçada no travessão. No contra-ataque, Guerrero passou por Adriano e chutou cruzado, com muito perigo.

Biteco, que havia entrado, foi sacado por Renato Gaúcho para a entrada de Vargas. No Timão, Tite colocou Renato Augusto e Alexandre Pato, jogadores que a torcida pedia que fossem titulares antes do apito inicial. E essas mexidas deram um resultado melhor. Em batida de escanteio de Renato Augusto, Paulo André cabeceou, a bola bateu em Alex Telles foi para o fundo das redes: 2 a 0! Pato ainda tentou tocar na bola, mas ela já havia entrado.

Na próxima rodada, os dois times jogam no domingo. Às 16h, o Corinthians visita o Criciúma no Heriberto Hulse. Depois, às 18h30, o Tricolor faz o clássico com o Internacional na Arena Grêmio.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2x0 GRÊMIO

Data/Hora: 31/07/13 - 22h (de Brasília)
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Alicio Penna Junior (MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Dilbert Pedrosa (RJ)
Renda/Público: R$ 737.112,50 / 23.849 pagantes (24.883 presentes)
Cartões amarelos: Pará, Werley (GRE)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gols: Emerson Sheik, 34/1T (1-0) e Paulo André, 35/2T (2-0).

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Igor; Ralf, Guilherme e Danilo; Romarinho (Renato Augusto, 18/2T), Emerson (Douglas, 36/2T) e Guerrero (Alexandre Pato, 25/2T). Técnico: Tite.

GRÊMIO: Dida; Pará, Bressan, Werley e Alex Telles; Adriano, Riveros, Zé Roberto (Guilherme Biteco, 19/1T, depois Vargas, 33/2T) e Elano; Kleber e Barcos (Lucas Coelho, 42/2T). Técnico: Renato Gaúcho.