icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2014
14:31

Em comunicado oficial publicado no site do clube nesta terça-feira, o Corinthians confirmou data, horário e outros detalhes da eleição presidencial que elegerá o sucessor de Mário Gobbi para o triênio 2015/2016/2017. O pleito ocorrerá no dia 7 de fevereiro de 2015, das 9h às 17h, no Parque São Jorge. A votação será feita com urnas eletrônicas e elegerá presidente, vice, duzentos conselheiros trienais e mais cinquenta suplentes.

A lista de associados aptos para a votação será fechada no dia 7 de dezembro, dois meses antes do pleito. Só poderão votar ou ser votados associados em dia com todas as suas mensalidades até 10 de novembro, sendo permitido o pagamento de eventuais atrasos até a data limite.

A inscrição de chapas tem o prazo de até 15 dias a partir da publicação do último edital de convocação da Assembleia Geral Ordinária que for designada para a realização das eleições. Três conselheiros (Guilherme Gonçalves Strenger, Carlos Nujud Nakhoul e Felipe Legrazie Ezabella) formarão, ainda, a Comissão Eleitoral do clube para o pleito.

A eleição do Corinthians em fevereiro de 2015 deve ter três candidatos à presidência executiva. Roberto de Andrade, ex-diretor de futebol, é o candidato da situação, enquanto Ilmar Schiavenato, ex-diretor social, e mais um do grupo tradicional de oposição (o nome ainda não está definido) também devem concorrer.