icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
05/02/2015
20:11

A decisão da Federação Paulista de vetar a torcida do Corinthians ao Allianz Parque no Dérbi deste domingo, pelo Paulistão, desagradou a diretoria alvinegra, que tenta reverter a situação nos bastidores. O presidente Mário Gobbi Filho e o departamento jurídico do clube buscam alternativas para garantir a presença de corintianos no primeiro clássico do remodelado estádio do maior rival.

É possível que ainda nesta quinta-feira o clube emita uma nota oficial em repúdio à decisão da Federação Paulista de Futebol (FPF), que acatou recomendação do Ministério Público e um pedido do presidente do Palmeiras, Paulo Nobre. Uma das bases do acordo é que o mesmo ocorra quando o clássico for disputado em Itaquera, na Arena do Corinthians.

Segundo os envolvidos, a decisão foi tomada por medida de segurança. Existe um preocupação real com uma possível reataliação de corintianos pela morte de um membro da Gaviões da Fiel, em janeiro. Em um primeiro momento, a FPF resistiu à ideia por não querer abrir uma exceção para os demais clássicos do Campeonato Paulista. Mas acabou cedendo e confirmando a decisão por meio de nota oficial.