icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/11/2014
20:11

O Corinthians ainda não sabe se contará ou não com Guerrero nos jogos contra Bahia e Goiás, nos dias 16 e 19 de novembro, respectivamente. Convocado pela seleção peruana para disputar dois amistosos contra o Paraguai, o atacante é quem deverá decidir se pedirá ou não dispensa à Federação Peruana, segundo o técnico Mano Menezes.

– Não temos mais o que falar sobre isso (convocação, data Fifa...). Qualquer coisa de diferente vai partir do atleta. Não vamos forçar uma situação que contraria a vontade do atleta – disse o treinador, em entrevista concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava.

O que é certo é a presença de Guerrero no clássico deste domingo, às 19h30, contra o Santos, na Arena Corinthians, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante retorna à equipe após três jogos de suspensão (um por cartão amarelo e dois por encontrão no árbitro Leandro Bizzio Marinho, durante a primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 27 de agosto, contra o Bragantino).

– Vamos usufruir dele no domingo, que é a parte boa. Ele realmente é um jogador importante, vive momento muito bom, com gols importantes. Nós precisamos dele e vamos tirar tudo o que ele tem para dar para a equipe contra o Santos. Depois vamos pensar para frente – afirmou o comandante alvinegro.

Guerrero é o artilheiro do Corinthians no Brasileirão, com nove gols. Na temporada, ele é o vice-artilheiro do Timão, com 13 gols, atrás apenas de Luciano, que tem 15.