icons.title signature.placeholder Marcelo Resende
19/06/2014
17:11

Em quatro anos, a Copa do Mundo gerou um milhão de novos empregos no Brasil: 790 mil vagas fixas e 210 mil temporárias. Esses números estão no universo total de 4,8 milhões de postos de trabalhos gerados desde o início do governo da presidente Dilma Rousseff, em janeiro de 2011.

A informação foi passada nesta quinta-feira pelo presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vicente Neto, que revelou determinação de Rousseff para geração de novos empregos no período da Copa.

- Recebemos a determinação da presidente Dilma de concentrar os nossos esforços em geração de novos empregos em todas as áreas do governo e no turismo não foi diferente.

Embora esteja acima dos 700 mil estimados pelo antigo ministro dos esportes Orlando Silva, ainda em 2011, estes números estão bem abaixo do especulado pelo atual comandante do Ministério dos Esportes, Aldo Rebelo, que falou no último mês de março em 3,6 milhões de empregos gerados somente com a Copa.