icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/12/2013
12:48

Com a Seleção Brasileira no Grupo A da Copa do Mundo ao lado de Croácia, México e Camarões, Luiz Felipe Scolari revela ter gostado de enfrentar os croatas na estreia na competição. Para o técnico, o tempo de adaptação dos europeus ao país pode ser uma vantagem, além da ausência do artilheiro Mandzukic, suspenso por ter sido expulso no último jogo das Eliminatórias do Velho Continente.

- Vimos o relatório. Quando caiu a Croácia, já demos uma lida e vimos que ele estava fora. Já é um alívio, mas tem jogadores ali que são bons também. Eles jogam um futebol parecido com o nosso, tem toque de bola. É bom ser no primeiro jogo. A Croácia vem da Europa para cá. Tem uma adaptação. E por ser contra nós, que já estamos adaptados, é bom - disse em entrevista à Rede Globo.

Projetando até o futuro do Brasil na competição, Felipão afirma que a Seleção jogará para ficar com o primeiro lugar no Grupo A, independentemente do que venha pela frente do Grupo B. Mas tem sua preferência. Mesmo com Espanha e Holanda, finalistas do último Mundial (vencido pelos espanhóis) na chave, o treinador gostaria de evitar um confronto com o Chile.

- Tomara que não classifique. Prefiro qualquer um outro que não seja o Chile. É um time chato, que não deixa jogar e é bem organizado. Eles têm um time bom e o sistema deles não encaixa com o nosso. É melhor jogar com os europeus e pronto - explicou.