icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/02/2015
13:30

A Fifa recomendou, a Uefa apoiou, mas as principais ligas do Velho Continente são contra a decisão de a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, ser disputada em novembro e dezembro. A Associação Europeia de Ligas Profissionais mostrou reprovação na proposta da maior entidade de futebol do mundo e disse que, se for aprovada, causará um grande dano ao desenvolvimento normal das competições domésticas.

Segundo a Associação, em reunião realizada nesta terça-feira, as ligas e os clubes reiteraram a sua solução conjunta para o Mundial é jogado durante o mês de maio.

- Esta proposta está estruturada em um estudo baseado em fatos que são totalmente aceitáveis do ponto de vista meteorológico, por garantir as condições climáticas razoáveis tanto para os jogadores como para os torcedores - apontou a Associação, em comunicado.

E MAIS
- Em comunicado, Uefa apoia Copa de 2022 em novembro

OPINE
- O que você acha de a final da Copa do Mundo acontecer na antevéspera do Natal?

A Premier League não recebeu com bons olhos o acordo alcançado para que o Mundial seja no fim do ano, o que significaria a interrupção de torneios europeus.

- É decepcionante. É uma decisão incorreta. Fomos abandonados pela Uefa - disse o chefe da Premier League, Richard Scudamore, à "BBC".

Já a Bundesliga espera soluções concretas para a recomendação da FIFA para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar.

- Não basta apenas definir a data. A Fifa deve mostrar agora de maneira concreta qual pode ser a solução - comentou Andreas Rettig, secretário geral da Bundesliga, em um comunicado emitido após saber das intenções da entidade máxima do futebol.