icons.title signature.placeholder Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Marcio Porto
29/07/2013
15:58

O presidente Luis Alvaro Ribeiro será a principal novidade da delegação do Santos que embarca nesta segunda-feira para a Espanha, onde enfrenta o Barcelona na próxima sexta-feira. A convite de Sandro Rosell, presidente do Barça, o mandatário alvinegro vai chefiar o grupo santista na passagem pela Europa.

O voo do mandatário santista, diferente do que levará os jogadores, tem previsão de saída de São Paulo para às 17h30. Luis Alvaro se juntará ao grupo em Barcelona, onde o Peixe ficará até sábado.

Luis Alvaro viaja depois de passar por estado delicado de saúde, que o levou a três internações apenas este ano. No fim de fevereiro, o presidente foi ao hospital com problemas pulmonares que acabaram gerando outros cardíacos. Ele precisou ser submetido a um cateterismo para desobstrução de uma artéria e, inclusive, chegou a ficar na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Após receber alta, o presidente teve de ser internado novamente em abril, depois de ter reagido mal a exames de rotina: ele tinha dificuldades para respirar e os médicos alegaram cansaço excessivo. Até por isso, essa será sua primeira viagem com o grupo em 2013. Não é, porém, sua primeira passagem por Barcelona no comando do Santos.

Em 2011, após a goleada para o mesmo adversário na final do Mundial de Clubes, no Japão, o presidente passou um período de férias na cidade catalã. Na época, houve rumores de que o santista teria ido negociar Neymar, o que ele negou em seguida. Meses antes, o mandatário tinha fechado a parceria com o jogador visando sua permanência até 2014.

Por ironia, o amistoso de agora faz parte do pagamento do craque, negociado com o Barça em maio. Na época, Luis Alvaro estava distante no clube, mas teve papel importante na decisão de vender o jogador. Pouco antes do desfecho, o presidente chamou o o atacante em seu apartamento em São Paulo e perguntou qual era seu desejo. Neymar respondeu que queria ser negociado.

O presidente Luis Alvaro Ribeiro será a principal novidade da delegação do Santos que embarca nesta segunda-feira para a Espanha, onde enfrenta o Barcelona na próxima sexta-feira. A convite de Sandro Rosell, presidente do Barça, o mandatário alvinegro vai chefiar o grupo santista na passagem pela Europa.

O voo do mandatário santista, diferente do que levará os jogadores, tem previsão de saída de São Paulo para às 17h30. Luis Alvaro se juntará ao grupo em Barcelona, onde o Peixe ficará até sábado.

Luis Alvaro viaja depois de passar por estado delicado de saúde, que o levou a três internações apenas este ano. No fim de fevereiro, o presidente foi ao hospital com problemas pulmonares que acabaram gerando outros cardíacos. Ele precisou ser submetido a um cateterismo para desobstrução de uma artéria e, inclusive, chegou a ficar na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Após receber alta, o presidente teve de ser internado novamente em abril, depois de ter reagido mal a exames de rotina: ele tinha dificuldades para respirar e os médicos alegaram cansaço excessivo. Até por isso, essa será sua primeira viagem com o grupo em 2013. Não é, porém, sua primeira passagem por Barcelona no comando do Santos.

Em 2011, após a goleada para o mesmo adversário na final do Mundial de Clubes, no Japão, o presidente passou um período de férias na cidade catalã. Na época, houve rumores de que o santista teria ido negociar Neymar, o que ele negou em seguida. Meses antes, o mandatário tinha fechado a parceria com o jogador visando sua permanência até 2014.

Por ironia, o amistoso de agora faz parte do pagamento do craque, negociado com o Barça em maio. Na época, Luis Alvaro estava distante no clube, mas teve papel importante na decisão de vender o jogador. Pouco antes do desfecho, o presidente chamou o o atacante em seu apartamento em São Paulo e perguntou qual era seu desejo. Neymar respondeu que queria ser negociado.