icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
15:01

A nova fórmula para o Campeonato Paulista do ano que vem agradou à diretoria do São Paulo, mas não ao técnico Muricy Ramalho. Para o comandante são-paulino o Paulistão, mesmo que mais enxuto e com a data de início prolongada (de 14 de janeiro para o dia 19), não permite aos clubes se prepararem de maneira adequada para o começo da temporada.

- Não resolveu nada. Não resolveu a pré-temporada. Não existe isso no Brasil, número de lesões aumentando a cada ano. Nível é fraco, intensidade está menor. Tudo isso se deve à má preparação dos times. Enquanto os (homens) lá de cima não olharem com carinho, vai continuar assim. Até agora não responderam mais o Bom Senso FC. Está na mesma. Vai continuar igual, jogador durando pouco, técnico sendo mandado embora. Ninguém dura. Isso é loucura. Vai continuar por aí porque não mexeu em nada - afirmou o treinador.

A competição contará com quatro grupos de cinco times. As equipes não enfrentarão os integrantes da mesma chave. Os dois melhores de cada grupo garantem vaga nas quartas de final, fase que, assim como a semi, será decidida em uma só partida. A decisão do Estadual terá ida e volta.

Ainda durante a entrevista coletiva desta sexta-feira, Muricy bateu na tecla da importância de se planejar o ano de 2014 o mais rápido possível. Cúpula e treinador deverão se reunir nos próximos dias para definir os rumos da equipe para o próximo ano. O calendário do clube para a pré-temporada já está montado.

Confuso! Conheça o novo regulamento do Paulistão 2014