icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/12/2013
20:47

A festa do Cruzeiro, prevista para acontecer às 20h deste domingo, está oficialmente cancelada. Foram afetadas a comemoração dos jogadores no trio elétrico e assim como a distribuição de cervejas do lado de fora do Mineirão.

A causa do cancelamento ocorreu devido à confusão e brigas entre duas torcidas organizadas do Cruzeiro, a Máfia Azul e Pavilhão Independente, as mesmas que fizeram com que o clube fosse parar no banco dos réus do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da briga no clássico contra o Atlético-MG, no Independência.

A polícia militar teve que intervir com bombas de gás lacrimogênio para dispersar os torcedores. Policiais e torcedores ficaram feridos na confusão. Quem ainda está dentro do Mineirão foi aconselhado a não sair. Inclusive, o ônibus da delegação do Bahia, como relatado no perfil oficial do clube no Twitter, não conseguiu deixar o estádio.

Na tarde deste domingo, o Cruzeiro foi derrotado para o Bahia por 2 a 1, no Mineirão, em jogo que marcou a entrega da taça de campeão brasileiro ao time celeste. Apesar do tropeço, os jogadores celebraram em campo o título nacional, confirmado desde a 34ª rodada. Uma festa com direito a trio elétrico e show do cantor Alexandre Peixe estava prevista para começar às 20h nos arredores do Mineirão, o que não ocorreu por conta das brigas entre torcedores celestes.