icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
21:38

O consultor técnico responsável pela construção dos estádios que sediaram a Copa do Mundo no Brasil, Carlos de La Corte, realizou no domingo, 02, uma palestra na cidade de Doha, no Qatar, durante a quarta edição do Coliseum MENA. O arquiteto explicou entre outros temas, como se deu o desenvolvimento do design, a logística de criação e a movimentação positiva sofrida pelo mercado brasileiro.

Durante a palestra, De La Corte destacou lições aprendidas pelo Brasil durante as construções, além de exibir os problemas enfrentados pela equipe na hora de desenvolver os estádios.

- Os métodos e conceitos de monitoramento e gestão desenvolvidos, aliados à experiência adquirida nos propiciaram guiar os projetos para atender todos os requerimentos, monitorar de perto as obras antecipando possíveis problemas e solucionar questões ligadas ao evento - explicou De La Corte.

Com o trabalho elogiado por publicações internacionais, como o New York Times e a International Business Time, Carlos de La Corte vê neste evento uma oportunidade de passar a frente o que aprendeu.

- As soluções gerenciais e o suporte técnico massivo como foi feito no Brasil foram singulares em uma Copa do Mundo da Fifa e devem ser disseminados a outros países que pretendem organizar qualquer tipo de evento de padrão e dimensões internacionais - concluiu.

Na ocasião, nomes importantes da arquitetura mundial, como o responsável pela construção do estádio principal que sediará a abertura da Copa do Mundo de 2018, na África do Sul, e o responsável pela manutenção do lendário estádio Wembley, em Londres, na Inglaterra, também se apresentaram. O evento teve início no domingo, 02, e encerra-se nesta terça.