icons.title signature.placeholder Radar/Pool - L'Equipe (FRA)
20/11/2014
19:21

Lionel Messi sempre disse que iria encerrar sua carreira europeia no Barcelona, mas que ele não era o dono de seu destino. Clubes europeus ricos acompanham de perto seus humores. Que outra camisa que o clube catalão, ele poderia usar?

PSG?

Desde a sua chegada ao clube em 2011, o mecenas do Qatar sempre disse que queria ter Messi.  Mesmo Ibrahimovic, que não é lá o melhor amigo do argentino, endossaria a sua chegada. A questão é que a rescisão está na casa dos R$ 800 milhões e seria preciso convencer o Barcelona, neste tempo de fairplay financeiro, aceitar um valor menor.  Messi chegando poderia recuperar

Chelsea a City estão de olho, vigiando...

A Premier League pode reivindicar o título de maior campeonato do mundo se o melhor jogador do mundo não joga por lá? Impulsionado pelo dinheiro do  Dubai e da Rússia, Manchester City e Chelsea estão sempre atentos ao desenvolvimento da carreira do craque.  O City do Xeque Mansour  é controlado por Ferran Soriano e Txiki Begiristain, dois ex-líderes que conhecem o jogador do Barça. José Mourinho, que sabe tanto por ter frequentemente confrontados com o Real Madrid, não é insensível ao seu talento. ER os Blues já acenaram com R$ 450 milhões.

Reencontro com Guardiola no Bayern?

Se Lionel Messi tornou-se um atacante de classe mundial, é principalmente graças a Pep Guardiola. O argentino, profundamente marcado pela saída do técnico espanhol, tinha tentado de tudo para pará-lo. Mas Guardiola agora no  Bayern de Munique,  não descartou a possibilidade de recrutar a Pulga. "A cláusula é de R$ 800 milhões. Isso é um absurdo. não queremos ir além do que pagamos por Javi Martinez em uma transferência ", explicou o presidente Rummenigge no final de 2013. Mas a verdade é que o Bayern poderia quebrar o cofrinho e gastar mais do que os R$ 120 milhões gastos por Martinez.
 
Um presente de Thorir para a Inter de Milão?

Novo dono da Inter de Milão, indonésio Erick Thorir tem uma fortuna estimada em R$ 6 bilhões. "Comprar Leo Messi, por que não? Vou falar com o treinador ", ele havia lançado há um ano, em uma entrevista com o "Corriere dello Sport". Certamente ele daria brilho ao clube da Lombardia e agitaria a Serie A que anda sem estrelas. Os figurões no mercado de transferências estão se tornando parte do DNA do Inter, que já teve num passado recente Ronaldo, Ibrahimovic e Figo no passado .

O L'Equipe fez uma enquete para saber qual o clube que pode ser o futuro de Messi.  O PSG teve 39%, seguido de Bayern (13%), Real Madrid (6%), Chelsea (5%), City (4%) e Inter (3%). E 30% dos leitores acreditam que Messi permanecerá no Barcelona.