icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
20:25

O Maracanã teve aparência de estádio europeu no clássico deste domingo, entre Fluminense e Vasco. Mas não só pela modernidade, mas sim pela polarização do posicionamento das torcidas.

Com os preços mais baratos sendo relacionados aos lugares atrás dos gols (R$ 100, R$ 250 e R$ 300), os setores norte e sul receberam a maior concentração de torcedores, ficando similares às curvas sul e norte, comuns no Velho Continente.

As arquibancadas centrais, parte cuja arrecadação fica com o consórcio do estádio, ficaram vazias. Mas o administrador do estádio tentou justificar o sumiço de torcedores no setor, dizendo que reduziu o número de ingressos disponíveis propositalmente, como medida de segurança. A carga para a área central do Maracanã foi de 15 mil ingressos.

O clássico teve 34.634 pagantes, 46.860 presentes e uma renda de R$ 1.554.510 de renda.

A NOTA

"A concessionária Complexo Entretenimento Maracanã S.A esclarece que a presença reduzida de publico nas áreas centrais do jogo deste domingo (21.07), entre Fluminense e Vasco, é devido a redução da carga de ingressos total para 80% do estádio, que teve 18 mil ingressos a menos. Como se tratava do primeiro clássico regional, depois da abertura do Maracanã, a carga foi reduzida para garantir mais segurança para o publico. O balanço total de venda e público presente serão divulgados ao término da partida pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro."

O Maracanã teve aparência de estádio europeu no clássico deste domingo, entre Fluminense e Vasco. Mas não só pela modernidade, mas sim pela polarização do posicionamento das torcidas.

Com os preços mais baratos sendo relacionados aos lugares atrás dos gols (R$ 100, R$ 250 e R$ 300), os setores norte e sul receberam a maior concentração de torcedores, ficando similares às curvas sul e norte, comuns no Velho Continente.

As arquibancadas centrais, parte cuja arrecadação fica com o consórcio do estádio, ficaram vazias. Mas o administrador do estádio tentou justificar o sumiço de torcedores no setor, dizendo que reduziu o número de ingressos disponíveis propositalmente, como medida de segurança. A carga para a área central do Maracanã foi de 15 mil ingressos.

O clássico teve 34.634 pagantes, 46.860 presentes e uma renda de R$ 1.554.510 de renda.

A NOTA

"A concessionária Complexo Entretenimento Maracanã S.A esclarece que a presença reduzida de publico nas áreas centrais do jogo deste domingo (21.07), entre Fluminense e Vasco, é devido a redução da carga de ingressos total para 80% do estádio, que teve 18 mil ingressos a menos. Como se tratava do primeiro clássico regional, depois da abertura do Maracanã, a carga foi reduzida para garantir mais segurança para o publico. O balanço total de venda e público presente serão divulgados ao término da partida pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro."