icons.title signature.placeholder Walace Borges
06/12/2013
09:25

Mesmo antes de o orçamento do Botafogo para a próxima temporada ser apresentado oficialmente ao Conselho Deliberativo, alguns membros já mostram insatisfação com as contas pensadas pelo Conselho Fiscal. A grande crítica é o fato de o documento contar com a chegada nas fases finais da Libertadores e da Copa do Brasil.

Um dos conselheiros do Alvinegro, que não quis se identificar, esbravejou contra a política do clube e falou que, provavelmente, as contas serão aprovadas devido a interesses políticos do Conselho.

– As premissas apresentadas são surreais. Contar com uma classificação à final da Libertadores não existe. Claro que seria ótimo chegar nessa condição, e tomara que cheguemos, mas não se pode, de maneira séria, contar com isso para planejar o orçamento do próximo ano – afirmou o conselheiro.

O orçamento prevê que o clube receba R$ 11.798.000,00 de premiações e R$ 5.600.00,00 nas receitas de bilheteria oriundas da Libertadores.