icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
14:53

A Conmebol publicou em seu site oficial que abriu expedientes disciplinários contra sete clubes uruguaios: Miramar Misiones, El Tanque Sisley, Cerro Largo, Cerro, Rentistas, Juventud e Racing. O motivo foi a denúncia apresentada por estes clubes ante a Justiça uruguaia sobre irregularidades nas finanças do órgão que rege o futebol sul-americano.

A entidade se defende afirmando que a denúncia apresentada pelos clubes é em nome de um terceiro, com intenção de "satisfazer interesses comerciais". Segundo o uruguaio diário "El País", o tema apresentado pela Conmebol é com relação a direitos de transmissão das competições sul-americanas pretendidos pelo empresário Francisco Casal.

Casal é considerado o homem mais rico do Uruguai e é dono da Tenfield. A empresa é detentora dos direitos de transmissão do futebol uruguaio.

A Conmebol afirma ainda, através de comunicado, que a Fifa já tomou conhecimento desta situação. A entidade mundial teria dado aval à sua filiada para iniciar os processos disciplinares. Os dirigentes dos clubes imputados já estão cumprindo suspensão preventiva desde o dia 14 de março.