icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
15:12

Está decidido. Náutico e Sport se encontrarão nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. O primeiro Clássico dos clássicos de proporções continentais foi confirmado na tarde da última segunda-feira por meio do site oficial da Conmebol.

Antes da publicação, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) tinha esperanças de evitar o confronto, ainda sem data definida, logo nas estreias dos pernambucanos na competição.

- O que está definido, está definido. Acabou. A Federação não vai de encontro ao que é imutável. A decisão de se tentar mudar o confronto era minha, por entender que seria o melhor para os dois clubes - declarou o presidente da FPF, Evandro Carvalho, em entrevista ao jornal Diário de Pernambuco.

Com a confirmação, os clubes agora decidem a quantidade de ingressos destinos à torcida visitante nos dois jogos - a ida acontece na Ilha do Retiro, enquanto que o jogo de volta será na Arena Pernambuco.

- Ainda não definimos como será feita essa divisão, mas acredito que os dois clubes usarão o bom senso para negociar isso. Seria pouco inteligente destinar apenas dois mil ingressos à torcida do Sport, já que o estádio tem uma grande capacidade de público, mas ainda vamos definir a situação. Como estou fora de Recife, não sei se alguém do Náutico já conversou com alguém da gente - comentou o executivo de futebol do Sport, Marcos Amaral, em entrevista ao LANCE!Net.

Pelo regulamento da Conmebol, os mandantes devem ceder apenas 2 mil ingressos à torcida adversária, a diretoria dos clubes devem chegar a um acordo para que os visitantes tenham uma carga de bilhetes superior ao mínimo estipulado pela entidade.

PERNAMBUCANO NA FINAL, JOGO NA ARENA!

Ainda com base no regulamento, até as semifinais os estádios devem apresentar a capacidade mínima de 20 mil pessoas. Já na grande final, essa capacidade duplica. Ou seja, caso um dos representas do Estado cheguem a decisão, a partida será obrigatoriamente na Arena Pernambuco, cuja capacidade é de 46.154 pessoas, enquanto que a Ilha do Retiro, casa do Sport, é de 35 mil.

Está decidido. Náutico e Sport se encontrarão nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. O primeiro Clássico dos clássicos de proporções continentais foi confirmado na tarde da última segunda-feira por meio do site oficial da Conmebol.

Antes da publicação, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) tinha esperanças de evitar o confronto, ainda sem data definida, logo nas estreias dos pernambucanos na competição.

- O que está definido, está definido. Acabou. A Federação não vai de encontro ao que é imutável. A decisão de se tentar mudar o confronto era minha, por entender que seria o melhor para os dois clubes - declarou o presidente da FPF, Evandro Carvalho, em entrevista ao jornal Diário de Pernambuco.

Com a confirmação, os clubes agora decidem a quantidade de ingressos destinos à torcida visitante nos dois jogos - a ida acontece na Ilha do Retiro, enquanto que o jogo de volta será na Arena Pernambuco.

- Ainda não definimos como será feita essa divisão, mas acredito que os dois clubes usarão o bom senso para negociar isso. Seria pouco inteligente destinar apenas dois mil ingressos à torcida do Sport, já que o estádio tem uma grande capacidade de público, mas ainda vamos definir a situação. Como estou fora de Recife, não sei se alguém do Náutico já conversou com alguém da gente - comentou o executivo de futebol do Sport, Marcos Amaral, em entrevista ao LANCE!Net.

Pelo regulamento da Conmebol, os mandantes devem ceder apenas 2 mil ingressos à torcida adversária, a diretoria dos clubes devem chegar a um acordo para que os visitantes tenham uma carga de bilhetes superior ao mínimo estipulado pela entidade.

PERNAMBUCANO NA FINAL, JOGO NA ARENA!

Ainda com base no regulamento, até as semifinais os estádios devem apresentar a capacidade mínima de 20 mil pessoas. Já na grande final, essa capacidade duplica. Ou seja, caso um dos representas do Estado cheguem a decisão, a partida será obrigatoriamente na Arena Pernambuco, cuja capacidade é de 46.154 pessoas, enquanto que a Ilha do Retiro, casa do Sport, é de 35 mil.